icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Você se sente inútil às vezes? Aprenda a ter confiança, segundo a ciência

POR Bruno Dias EM Curiosidades 09/03/20 às 16h22

capa do post Você se sente inútil às vezes? Aprenda a ter confiança, segundo a ciência

Com certeza, você já ouviu alguém falando que ninguém é igual a ninguém. E isso, felizmente, é uma verdade. São as características únicas de cada um que nos fazem ser quem somos. E exatamente por causa dessas diferenças entre as pessoas, cada um de nós lida com a mesma situação de maneiras diferentes. Como as pessoas com uma autoconfiança melhor, que podem lidar com algumas coisas melhor do que outras pessoas.

autoconfiança não é algo que vem do dia para noite. E não existe receita mágica, para desenvolver a autoconfiança, mas existem exercícios diários, que podem ajudar a colocá-la em um lugar melhor. Melhorá-la é fruto de um trabalho árduo, e mesmo as pessoas mais confiantes têm seus dias de inseguranças.

A falta de confiança e a baixo autoestima são coisas que podem atrapalhar a vida das pessoas. E as pessoas, que se sentem inúteis com uma frequência grande, podem achar que são menos amadas e até mesmo incompetentes.

Além de ser um sentimento ruim para se ter em relação a si mesmo, a baixa autoestima também está ligada à coisas piores. Como por exemplo, agressão, distúrbios de humor, ansiedade, depressão, distúrbios de alimentação, comportamentos criminosos e uma baixa qualidade de vida.

Uma pesquisa feita por Morris Rosenberg e Timothy J. Owens, mostrou que as pessoas com baixa autoestima tendem a ser hipersensíveis. E por isso elas podem ter mais gatilhos para depressão quando comparadas com a outras pessoas.

Autoestima

Geralmente, várias pessoas dizem não ter uma autoestima muito boa. Mas como saber se você tem uma baixa autoestima? Existe uma lista com alguns "sintomas", para mostrar se alguém tem baixa autoestima. São eles:

- Ser incapaz de confiar em sua própria opinião, sempre pensando que a opinião dos outros é melhor.

- Nunca dar sua opinião ou se sentir confiante o suficiente para compartilhar suas ideias.

- Ter medo de aceitar desafios por pensar que não é capaz de superá-los.

- Pensar que irá falhar ou ser um fracasso caso não complete algum objetivo, mesmo que irrealista.

- Ser muito duro consigo mesmo, mas brando com os outros, mesmo em situações similares à sua.

- Ter ansiedade ou ataques de pânico, ou sentir-se emocionalmente desgastado.

- Ir a extremos (seja esforçar-se absurdamente e fazer muito mais do que o necessário quanto nunca se esforçar e sempre fazer menos do que o necessário).

- Se jogar no trabalho para evitar a tensão e o medo que vêm com situações mais sociais, como relacionamentos e amizades.

Melhora

Os estudos mostram que a autoestima é capaz de prever o sucesso de alguém tanto no âmbito pessoal quanto no profissional e em seu estilo de vida no geral.

Em alguns casos, talvez a ajuda de um profissional seja preciso. Mas, às vezes, algumas dicas científicas podem ser capazes de ajudar as pessoas e aumentar seu nível de confiança. Mostramos aqui algumas dessas dicas.

1 - Se vista bem e use perfume

Os estudos mostram que a maneira como alguém se veste e cheira podem ajudar na autoestima. Uma pesquisa de 2105 viu quais eram as cores ligadas à confiança. E o resultado foi que preto era a cor mais associada à inteligência, confiança e uma atratividade melhor.

E um estudo feito pela Universidade de Liverpool, em 2009, mostrou que o cheiro das pessoas pode ter um impacto grande na autoestima delas. E também afetam em como as outras pessoas às veem e tratam.

2 - Músicas com mais baixo

A Universidade Northern fez em 2014 um estudo que descobriu que o tipo de música que as pessoas escutam podem mudar a confiança delas, em seu subconsciente.

As músicas que tem sons mais graves podem fazer com que as pessoas se sintam mais poderosas, determinadas e motivadas.

3 - Tirar fotos de si mesmo

Tirar fotos de si mesmo e se olhar no espelho podem aumentar sua autoestima, de acordo com um estudo feito na Universidade da Califórnia.

A pesquisa foi feita com 41 estudantes que tiraram três tipos de fotos todos os dias. Era uma selfie, foto de alguma coisa que fez o dia delas feliz, e uma foto de alguma coisa que elas pensavam que faria outra pessoa feliz. Das fotos, as selfies foram as mais associadas com níveis maiores de autoestima.

4 - Converse consigo mesmo

Um estudo de 2014 que foi publicado, na revista European Journal of Social Psychology, viu que conversar consigo mesmo de uma forma positiva melhora na autoestima.

No experimento que eles fizeram, metade das pessoas conversaram com elas mesmas em primeira pessoa e a outra metade em terceira. As que conversaram em terceira pessoa tiveram os níveis de motivação e confiança aumentados.

5 - Faça afirmações positivas

As afirmações positivas para si mesmo, em primeira pessoa, também ajudam nos níveis de confiança. Essa confiança pode vir de ser honesto consigo. E quando as pessoas fazem essas autoafirmações positivas elas ativam o córtex pré-frontal medial, o córtex posterior, o estriado ventral e o córtex pré-frontal medial ventral. E os processos neurais positivos são destacados.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest