As 10 melhores séries de 2014

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      25/11/14 às 18h32

Quem acompanha uma série fervorosamente sabe daquela necessidade de comentar um episódio muito bom, saber a opinião de outras pessoas sobre novos desdobramentos ou até mesmo sobre uma atitude de certo personagem que não agradou ninguém.

2013 foi um ano em que nos despedimos de grandes séries como Breaking Bad e CSI:NY, mas 2014 veio cheio de renovações de outras gigantes para nos consolar. As séries são classificadas de acordo com as notas de avaliações recebidas por usuários de dezenas de sites especializados em cinema e TV, no Brasil e no mundo.

1. Game of Thrones

1

Após os episódios finais da terceira temporada, no ano passado, Game of Thrones causou expectativas sem tamanho. Fãs dos livros As Crônicas de Gelo e Fogo já antecipavam alguns dos principais acontecimentos, pois a segunda metade de A Tormenta de Espadas é o ponto alto dos romances escritos por George R.R. Martin. Os leitores já ameaçavam com spoilers os que apenas assistiam à série.

Desta vez, no entanto, quem leu os livros teve a chance inédita de se surpreender com Game of Thrones. Esta foi a temporada que mais se distanciou da fonte, com soluções criativas para aumentar a interação entre personagens já amados. O resultado foi um destaque maior à independência de David Benioff e D.B. Weiss, responsáveis pela adaptação, e a melhor temporada da série até hoje.

2. The Walking Dead

2

A série de zumbis está fazendo um sucesso tão estrondoso de audiência nos Estados Unidos que se tornou o primeiro lugar entre os programas mais vistos pelo público de 18 a 49 anos, o mais cobiçado.

Nascido da popular série de quadrinhos criada por Robert Kirkman, The Walking Dead passou anos indo a lugar nenhum, rejeitado por todos os grandes canais, antes de a rede AMC encomendar a primeira temporada com seis episódios exibidos em 2010.

Assim, a emissora jogou um seriado sobre os últimos sobreviventes em um mundo dominado por zumbis, conhecidos apenas como "caminhantes" (walkers), em um universo televisivo que havia mostrado pouco interesse em qualquer coisa não morta que não fosse um vampiro.

Desde então, The Walking Dead acumulou uma contagem de corpos atrás das câmeras quase igual à dos episódios, resistindo à demissão nada amigável de seu primeiro diretor, Frank Darabont (de Um Sonho de Liberdade), e a saída menos animosa do substituto, Glen Mazzara.

Comentários se acumulam na internet sobre a instável fidelidade da série à HQ e à visão original de Darabont, destinos de personagens foram lamentados e comemorados, e o próprio programa às vezes luta para equilibrar tramas shakespearianas, filosofia política e o prazer indescritível de ver um zumbi levar um tiro no rosto.

3. Sherlock

3

O mais interessante da 3ª temporada dessa aclamada série foi ver como as relações entre todos os personagens estão se aprofundando, os maiores, os menores, e temos tudo para ter uma excelente 4ª temporada, ainda mais com aquele final surpreendente. Que a nova temporada não demore 2 anos.

Na série da BBC "Sherlock", o investigador dos romances de Conan Doyle que consagrou o raciocínio dedutivo aparece em Londres nos dias de hoje. Ele continua uma máquina de produzir diagnósticos infalíveis. Todos eles agora vêm acompanhados de comprovação científica: o herói, em sua versão contemporânea, usa mil traquitanas tecnológicas.

4. Gotham

4

A série foca no passado do comissário Gordon, enquanto ele era ainda um detetive de polícia e estava lidando com diversos personagens que se tornariam, mais tarde, grandes nomes entre vilões e heróis no universo da DC Comics. Em seu trabalho, Gordon pode contar com o parceiro Harvey Bullock, um astuto policial que já virou lenda em Gotham por não seguir muito à risca os procedimentos da polícia, mas, ainda assim, conseguir resultados.

5. Grey's Anatomy

5

Grey"s Anatomy é o tipo de série que faz você se apaixonar pela vida de pessoas tão reais. Há 10 anos, acompanhamos as felicidades e os infortúnios da vida dos médicos que trabalham (e quase moram) neste hospital. Pelos corredores dele correm as fofocas, os dramas e os amores que aprendemos a compartilhar com cada um dos personagens.

Contando com casos inusitados e uma trilha sonora fantástica, a série se consolidou como um dos grandes dramas da última década e ainda mostra fôlego para durar por mais algum tempo.

6. The Big Bang Theory

6

A série demonstra um fôlego impressionante depois de tantos anos no ar. Vale lembrar que é a produção mais assistida nos Estados Unidos e possui cerca de 20 milhões de telespectadores.

Aliás, as loucuras de Sheldon Cooper (Jim Parsons) continuam impagáveis. Alguns dos melhores momentos dessa temporada acontecem por causa dele. E Kaley Cuoco, a Penny, ficou muito bonita com o cabelo curto.

7. Orange Is The New Black

7

Na série, Piper Chapman (Taylor Schilling) está há alguns meses do seu casamento com Larry (Jaason Biggs) quando tem o seu futuro alterado ao ser condenada por 15 meses por ter transportado dinheiro de tráfico da sua namorada há 10 anos atrás. Ao chegar na prisão, ela tem que se adaptar a toda a segregação racial que as próprias detentas fazem, aos ataques de mulheres insanas que querem ela como "esposa", enfim, a todas as maravilhas que uma prisão pode lhe oferecer.

Ah, e como se não bastasse, sua ex-namorada que a dedurou para a polícia, Alex (Laura Prepon, a Donna de "That 70"s Show"), também está na cadeia. A série é um sucesso de crítica e já está com sua 3ª temporada garantida.

8. American Horror Story

8

Todos os esforços do FX na campanha de divulgação de American Horror Story: Freak Show foram recompensados. A série alcançou a marca de 10 milhões de espectadores em seu episódio de estreia, desbancou o recorde de Sons of Anarchy e bateu o recorde de audiência do canal, que não podia ter feito por menos após analisar esses números: American Horror Story foi renovada para a quinta temporada.

"A antologia American Horror Story teve a maior trajetória de crescimento de qualquer programa na história do FX, para não mencionar seu histórico de sucesso sem precedentes quanto ao reconhecimento em premiações", disse o CEO do canal, John Landgraf, que também elogiou muito o criador da série, Ryan Murphy (Glee), e sua equipe.

9. Supernatural

9

Quando uma série passa de um certo número de temporadas, nada mais normal do que encontrar pelo caminho fãs que a defendem com unhas e dentes, além daqueles que simplesmente deixam de acompanhá-la.

Com Supernatural não poderia ser diferente. Uma série que conseguiu levar cinco temporadas com um roteiro cheio de tramas e o melhor da ação e suspense, perdeu alguns espectadores entre o sexto e oitavo ano, sob alegações de que estava em um ritmo estranho e enrolado. Neste último ano, porém, a série parece ter recuperado o antigo fôlego graças a nomes como Greg Berlanti e Marc Guggenheim, que voltaram a assumir o roteiro.

10. Revenge

10

Amanda Clarke torna-se Emily Thorne após ver sua família ser destruída e seu pai falecer. Quando era criança, a moça suportou a prisão injusta de seu pai, acusado de terrorismo, e desenvolveu raiva e rancor contra os responsáveis por esse trauma. Amanda foi enviada para a detenção juvenil e permaneceu ali durante toda sua infância.

Quando completou a maioridade, a jovem recebeu informações sobre as pessoas que haviam arruinado sua vida e encontrou uma oportunidade para a vingança. Em sua 4ª temporada, Revenge está firme estre as séries que cativam grande parte do público americano.

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+