Uma das maiores dificuldades em combater o racismo é conseguir explicar que ele não existe somente em ofensas diretas, e na diminuição de outras pessoas, mas que esse problema está presente em detalhes do nosso dia a dia. Algumas expressões da língua portuguesa como "tenho um pé na cozinha/senzala" ou "não sou suas negras" podem não significar nada para muitas pessoas que as proferem, mas se você parar para pensar um pouquinho, elas possuem significados bastante pejorativos em relação as pessoas negras.

E não é diferente com as animações, alguns roteiristas e animadores podem nem ter se dado conta de que criaram um personagem racista e que estereotipa pessoas, mas acontece infelizmente. Confira alguns exemplos de quando animações que nós adoramos foram racistas.

1 - Hey Arnold!

Não há nada de errado em o protagonista dessa animação da Nickelodeon ser um garoto branco e loiro, mas você já parou para reparar como o seu melhor amigo, Gerald, é caracterizado? Ele tem todos os estereótipos de um afro-americano na visão das pessoas brancas de classe média: cabelo alto, personalidade e até mesmo sua camisa com o número 33, afinal de contas, todos os negros gostam de esportes, não é mesmo? Não. Não é.

Publicidade
continue a leitura

2 - Pokemon

Quando o episódio Feriado à La Jynx foi ao ar, imediatamente a autora afro-americana Carole Boston Weatherford apontou que o Pokemon Jynx era uma representação caricata e de péssimo gosto de uma mulher negra. Entre as características que ela apontou estão a pele completamente preta, os lábios grossos, olhos esbugalhados e corpo largo. Bom, os produtores escutaram as críticas, e nas aparições seguintes desse Pokémon ele deixou de ter a pele preta.

3 - Rocket Power

Publicidade
continue a leitura

Rocket Power provavelmente fez você imaginar por muito tempo o quão maneiro seria ser filho de um surfista e até mesmo pegar umas ondas sozinho. Mas o personagem Tito Makani é o estereótipo vivo do que as pessoas que não são do Hawaii imaginam sobre a população local. Sabe aqueles provérbios de sabedoria havaiana que ele sempre repete? Não se iluda, os havaianos não carregam frases de seus antepassados para sair aconselhando os outros desse jeito.

4 - Doug

Doug foi um dos desenhos que marcou a era de ouro dos desenhos da Nickelodeon. A história mostrava o dia a dia de um adolescente branco e seus amigos das mais diversas cores. O seu melhor amigo, Skeeter, é azul e o valentão da escola, Roger, é verde, mas de que forma isso poderia ser racista? O criador do desenho, Doug Jin Jinks, insiste em dizer dizer que Skeeter é um negro. Bom, os afro-americanos são azuis e usam expressões estranhas como Honk Honk?

Publicidade
continue a leitura

5 - Dragon Ball Z

Assim como Jynx, Mr. Popo também é representado de uma maneira bastante caricata, mas o problema do personagem de Dragon Ball Z não é só esse. Ele é o encarregado de cuidar do jardim e zelar pela Plataforma Celeste, e seguir qualquer outra ordem que Kami-sama dê. Além desse personagem, há também Killa, um lutador negro, musculoso e com enormes lábios rosas e que fala de um jeito completamente estereotipado. Talvez pelo fato dos asiáticos não terem uma história de colonização com os povos africanos eles realmente não entendam o peso que essas representações tem.

Você já sabia de algum desses casos de racismo? Tem mais algum que você conheça e te deixa incomodado? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicado em: 01/09/17 18h21