5 espécies animais que podem desaparecer do planeta dos próximos anos

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Animal      11/11/14 às 21h45

Há anos, especialistas tentam alertar o mundo para a necessidade de atenção e cuidados especiais para com algumas espécies. Isso acontece porque alguns animais, por mais difícil que seja imaginar isso, estão realmente entrando em extinção e podem, simplesmente, desaparecer por completo do planeta.

Isso acontece por diversos motivos, que podem estar associados à caça excessiva a tais bichos, à devastação de seus ambientes naturais, à falta de alimentos e assim por diante. E, na maioria das vezes, como você deve imaginar, toda a catástrofe está relacionada às ações imprudentes do homem. (Clique para ler ainda: Afinal, como estaria o mundo se os dinossauros não estivessem extintos?).

Alguns desses bichos, que correm risco eminente de desaparecer da face da Terra nos próximos anos você confere abaixo, na lista que preparamos:

1. Rinoceronte de Java

1

Essa espécie, embora tenha um tamanho que impõe respeito, é presa fácil dos caçadores chineses. Isso porque, culturalmente, a medicina dos países orientais prega que seu chifre conta com poderes medicinais. Hoje em dia, estima-se que existam apenas 30 animais dessa espécie na Ilha de Java, na Indonésia.

2. Leopardo das neves

2

Mesmo se tratando de animal arisco e difícil de ser encontrado, essa espécie está praticamente desaparecendo da Terra. Isso porque a pele desses bichos é muito cobiçada por caçadores, que as vendem por pequenas fortunas. É possível que existam menos de 5 mil leopardos dessa espécie vivendo na cordilheira do Himalaia.

3. Urso polar

3




Todo mundo já ouviu falar nessa espécie de nas dificuldades que ela está enfrentando com o crescente aumento de temperatura do planeta e do descongelamento das geleiras. Pesquisadores acreditam que os ursos polares terão desaparecido por completo em menos de 50 anos, caso as placas do Ártico continuem reduzindo. Hoje restam menos de 20 mil exemplares da espécie.

4. Tigre de Bengala

4

Os poucos animais que ainda restam dessa espécie, em sua maioria, estão concentrados em uma reserva, na Índia, feita especificamente para eles. Essa foi uma medida desesperada dos especialistas na tentativa de salvar esses tigres da extinção, já que seus habitats naturais estão sendo tomados, dia após dia, pelo crescente aumento do nível do mar. Como essa avanço das águas é estimado em, pelo menos, 4 milímetros por ano, acredita-se que até 2060 esses bichos tenham perdido 70% de seus lares.

5. Boto do Pacífico

5

Esse espécie de golfinho vive no Golfo do México. Aliás, atualmente, são encontrados apenas 200 exemplares desses botos. Eles estão desaparecendo graças à pesca indevida, feita com redes, na região.

B"NUS:

Rinoceronte branco

6

Um dos sete últimos rinocerontes brancos do mundo morreu, recentemente, em um zoológico da República Tcheca. Suni, como era chamado era um macho de 34 anos que morreu sem se reproduzir. Agora a espécie conta apenas com mais um macho, que representa a última esperança dos pesquisadores para os rinocerontes brancos. As causas da morte de Suni ainda não foram divulgadas.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+