A masturbação  é considerada um assunto polêmico por quase todo mundo, por causa disso grande parte das pessoas sabem muito pouco sobre ela. A primeira vez em que a palavra "masturbação" foi utilizada foi em 1898, por um médico inglês, considerado o fundador da psicologia sexual, o doutor Havelock Ellis.

Ao longo dos anos várias pesquisas sobre o assunto foram realizadas, e os pesquisadores chegaram a conclusão de que o ato de estimular os órgãos genitais pode ser saudável e é uma prática comum, que quase todo mundo faz. A seguir selecionamos para você alguns fatos sobre a masturbação que ainda permanecem desconhecidos. Não custa nada saber um pouquinho mais sobre o nosso corpo e o que fazemos com ele, não acha?

1 - Masturbação faz emagrecer

perder

Algumas pessoas acreditam que se masturbar em excesso pode causar a perda de peso, no entanto isso não passa de um grande mito. Estimular os seus órgãos sexuais não possui efeitos colaterais, ou seja, não te faz emagrecer ou engordar. Mesmo em excesso o orgasmo não é capaz de fazer com que uma pessoa perca tantas calorias. Quando o adolescente passa pela puberdade, ele pode sim perder peso, mas isso não tem relação com o início da estimulação sexual, mas sim com hormônios que passam a ser produzidos em maior quantidade em seu organismo.

Publicidade
continue a leitura

2 - Masturbar vicia

A masturbação é um comportamento que pode trazer benefícios para o desenvolvimento da vida sexual dos adolescentes, e é considerado algo normal. No entanto, alguns deles podem fazer isso de maneira compulsiva. Estimular os órgãos genitais compulsivamente não tem relação com masturbação em si, nem é desencadeada por ela. As pessoas com comportamento compulsivo, podem ter compulsão por qualquer outra coisa.

3 - A masturbação diminui os níveis de testosterona do corpo

Publicidade
continue a leitura

test

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Nevada, nos Estados Unidos, apontou que os níveis de testosterona em indivíduos do sexo masculino aumentou depois da prática sexual ou de masturbação. Sendo assim, acontece o contrário do que muita gente pensava, masturbar aumenta a quantidade de testosterona no corpo e não diminui.

4 - Masturbar atrapalha a prática esportiva

esport

Publicidade
continue a leitura

O mito foi espalhado principalmente por técnicos de box, que recomendavam aos atletas que não praticassem  masturbação antes de torneios, é outro grande mito. De acordo com Ricardo Guerra da Liverpool John Moores University, não existe comprovação científica de que masturbar atrapalhe o desempenho em qualquer esporte. Por isso, caso você seja um atleta, não é preciso se preocupar.

5 - Masturbar faz mal para a saúde?

Se alguma vez alguém já te disse que a masturbação poderia causar qualquer malefício para a saúde, saiba que se trata de um grande mito. Tanto para os homens, quanto para as mulheres, a masturbação é algo que não prejudica o organismo em nada. Muito pelo contrário, pode trazer benefícios para a saúde, além de uma sensação de bem-estar, com a liberação de hormônios no orgasmo.

Publicado em: 21/10/15 16h51