Ciência e Tecnologia

5 possíveis consequências a saúde humana originárias da tatuagem

0

A tatuagem é um desenho visível na pele humana resultado da aplicação subcutânea de pigmentos introduzidos através de perfurações com agulhas. Bom, hoje em dia esta cada vez mais fácil ter uma tatuagem e muitas pessoas realmente gostam de fazer marcas permanentes na pele, mas existem alguns riscos que pouca gente conhece. Falando nisso, algumas pessoas usam as tatuagens para uma causa bem nobre, como mostra a nossa matéria com as 15 tatuagens que foram feitas para cobrirem cicatrizes terríveis. 

A Dra. Marie Leger, dermatologista no Centro Médico Langone, da Universidade de Nova Yor, nos EUA, estuda as reações adversas possíveis da tatuagem, e em entrevista ao site Live Science, ela contou alguns riscos da “arte na pele” que muitas pessoas desconhecem. Nós vamos contar para vocês esses tais riscos, não com a intenção de falar que a tatuagem é algo ruim, mas sim de alertar as pessoas dos riscos que essa prática pode trazer. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 5 possíveis consequências a saúde humana originárias da tatuagem:

1 – Alergias

1

Se você acha que está livre de alergia depois de fazer sua primeira tatuagem, saiba que você pode estar completamente enganado. Mesmo pacientes que não tiveram reação alérgica na primeira tatuagem, eles podem depois de um tempo desenvolver uma, na hora de fazer a segunda ou terceira tatuagem. Leger afirma que uma paciente que fez uma tatuagem vermelha, depois de 10 anos, ao fazer sa segunda arte, as porções vermelhas começaram a coçar e ficarem ainda mais vermelhas.

A alergia de tatuagem pode ser muito difícil de tratar. Aplicações tópicas ou injeções de esteroides, por vezes, podem ajudar, mas em casos mais extremos, a área tatuada da pele precisa ser cirurgicamente removida.

2 – Atraso em diagnóstico

1

As tatuagens podem esconder alguns problemas de saúde na nossa pele, impedindo que as pessoas sejam diagnosticadas o mais cedo possível. Alguns exemplos são alguns relatos de tatuagens que cobriram cânceres de pele, incluindo melanomas, carcinomas basocelulares e carcinomas de células escamosas.

No ano de 2013, um homem descobriu um melanoma depois de remover com laser uma tatuagem, pois o crescimento canceroso estava escondido atrás da tinta. O fato é que tatuagens podem dificultar o trabalho de um dermatologista na hora de encontrar sinais cancerígenos. Falando em tatuagens, já leu nossa matéria com as 10 tatuagens de presos que você não sabia que tinham significado?

3 – Maior efeito da exposição ao sol

1

Para algumas pessoas, tomar sol pode fazer com que as tatuagens fiquem avermelhadas e cocem, e por isso elas pode aumentar o risco de sofrer os efeitos da exposição excessiva ao sol. No ano de 2014, um estudo dinamarquês entrevistou banhistas tatuados e descobriram que 42% deles relataram reações adversas. Dessas queixas, mais da metade estavam relacionadas a exposição ao sol ligada a inchaços, comichões e vermelhidão.

Leger explica que a tinta amarela pode causar esses sintomas por causa do cádmio encontrado nela, e quando é exposta ao sol pode ter essas consequências. Mas outras cores também podem causar desconforto, pois no mesmo estudo, as reações cutâneas foram observadas principalmente em pessoas com tinta preta, vermelha e azul.

4 – Queimaduras induzidas por ressonância magnética

1

Quem tem tatuagem tem que tomar muito cuidado ao fazer uma ressonância magnética. Um relato médico de 2011 descreveu um jogador de futebol profissional cuja tatuagem preta “queimou” enquanto ele estava fazendo um exame de ressonância magnética. De acordo com o estudo de caso, as queimaduras resultaram de correntes elétricas que se formaram no ferro contido na tinta da tatuagem.

Esse caso foi como um alerta para quem tem muitas tatuagens, pois os pacientes com mais tinta preta no corpo tem maior risco de terem queimaduras durante uma ressonância magnética, pelo fato dessa tinta conter óxido de ferro.

5 – Infecções

1

Um estúdio de tatuagem insalubre pode trazer vários riscos a saúde humana, podendo trazer infecções vindas de várias fontes, inclusive do tatuador e da tinta. Em 2012 houve um pequeno surto de infecções de pele em Nova York, e a fonte era de um lote de tintas cinza que havia sido contaminada com uma bactéria chamada micobactéria. Quando isso aconteceu, as espécies envolvidas causaram erupções dolorosas que chegaram a durar meses, e para quem não sabe, existem micobactérias que podem causar até tuberculose e lepra.

Apesar de infecções bacterianas ser o tipo mais comum relacionado com tatuagens, esses desenhos permanentes podem levar a infecções fúngicas e virais, de acordo com Leger. As pessoas podem até mesmo acabar com verrugas. A dermatologista alerta que se sua tatuagem ficar vermelha, inchada ou dolorosa, é necessário procurar um médico imediatamente. Para quem nunca viu uma tatuagem infecionada, vocês podem conferir nesses links 1, 2, 3, mas já avisando que vocês vão se deparar com cenas fortes.

E aí caros leitores, sabem de mais algum perigo das tatuagens? Comentem!

7 razões para não se casar segundo a ciência

Matéria anterior

7 imagens emocionantes capturadas nos segundos finais da vida

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos