• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


6 crianças que venceram o câncer e nos deram uma lição de vida

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      12/11/15 às 17h10

Um diagnóstico de câncer é sempre uma barra pesada. Dependendo da natureza e das dimensões de um tumor, o tratamento é demorado, difícil e com efeitos colaterais terríveis. Passar pela experiência de uma quimioterapia e continuar vivendo é realmente nascer de novo. A idade do indivíduo e a qualidade de vida são determinantes das possibilidades de cura. Agora, você já parou pra pensar nas crianças que vivenciam um câncer?

Cânceres são a causa número 1 de mortes por doenças em pessoas entre 5 e 19 anos. A leucemia é o tipo de câncer que mais incide em crianças. Segundo o Instituto Ronald McDonald, 70% dos casos de câncer em crianças podem curados com diagnóstico rápido e tratamento especializado.

Hoje o Ultra vai mostrar pra vocês crianças que vão nos dar verdadeiras lições de vida. Eles têm pouca idade, mas já aprenderam o valor da vida e da fé. Mais do que isso, presentearam seus entes queridos duas vezes: ao nascerem e ao renascerem após esse momento doloroso. Confira.

1- Rafael Araújo

rafael

Rafael foi diagnosticado com leucemia aos 3 anos de idade. A mãe dele, Rose Araújo, conta que durante o tratamento as pessoas, sem informação, temiam que a doença de Rafael fosse contagiosa por conta da queda de cabelo (decorrente das fortes medicações na quimioterapia). Ela contou ainda que passou por toda a barra sem ajuda do pai de Rafael, que não se interessou pelo filho e não se sensibilizou com a situação da saúde da criança.

Durante o tratamento ele teve recaídas e hemorragias decorrentes de pneumonia. Mas Rose e Rafael passaram por tudo juntos. Hoje Rafael tem 15 anos de idade e é um carinha completamente saudável e inteligente.

2- Adeildo de Barros

junior

Adeildo tinha oito anos quando sua mãe o levou ao médico por conta de uma íngua no pescoço. O diagnóstico inicial foi de cisto sebáceo, mas o caroço aumentou. Um outro especialista que examinou Adeildo suspeitou se tratar de um linfoma. Infelizmente a suspeita se confirmou e a criança tinha seis nódulos no pescoço.

Depois de quatro anos de tratamentos que não dizimaram o câncer, Adeildo foi inscrito na lista para transplante de medula. Ele conseguiu dois doadores, a cirurgia foi bem sucedida e Adeildo Hoje está com 15 anos.

3- Maya Annunziato

maya

Maysa tinha apenas 3 anos quando foi diagnosticada com leucemia. Sua mãe entrou em desespero, principalmente pelas complicações que ela apresentou durante a forte quimioterapia. Hoje Maysa tem 5 anos e está livre do cancer, mas sua mãe diz que temerá pra sempre uma possível volta do câncer da filha.

4- Josh Pita

slide_366896_4192348_free

Josh foi diagnosticado com câncer em 2010 e seu tratamento chegou ao fim em março de 2014. Ele reagiu bem a quimioterapia e já jogava futebol antes de terminar o tratamento. Ele pretende se tornar jogador da liga americana ou oncologista.

5- Adriana Rigott

adriana

Adriana tinha 3 anos quando sua mãe foi informada que a filha estava com leucemia. No ano passado ela viveu a fase mais agressiva do tratamento com quimioterapia espinhal, oral e radioterapia. Esse ano ela entrou na fase de manutenção, e tem sido inspiração de força e coragem pra toda sua família.

6- Mel Alves

mel

Mel tinha 5 anos em 2013, quando começou a reclamar de dores nas pernas. Uma ressonância apontou um tumor na coluna que já havia esmagado 2 vértebras. Mel tinha sarconoma, um tipo de câncer ósseo. Depois de passar pelas infusões de quimioterapia e de precisar de cadeira de rodas para se locomover, desde outubro do ano passado Mel está bem.

É isso aí, leitores ultra curiosos... Que esses pequenos guerreiros nos inspirem a reagir diante das adversidades e a aproveitar nosso bem mais valioso que é a vida em si.

Você já teve algum familiar que passou por isso? Compartilhe sua experiência.

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+