• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que um buraco negro pode fazer além de sugar tudo ao seu redor

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      29/10/18 às 17h08

Que o nosso universo é infinito, não é novidade para ninguém. Cientistas do mundo inteiro dedicam suas vidas a descobrir coisas novas no espaço. Com o grande avanço da tecnologia, puderam descobrir novos planetas, constelações e até mesmo estrelas mortas, também conhecidas como buracos negros. Esses buracos são uma região no espaço onde nada pode escapar, nem mesmo partículas que se movem na velocidade da luz. Este é um resultado da deformação da malha do espaço-tempo e é causada após o colapso gravitacional de uma estrela. Esses buracos são temidos por todos, pois como falamos antes, conseguem sugar tudo e o destino ainda é um mistério.

A ciência recentemente revelou um arsenal inacreditável de truques no manual desses buracos negros. Foi pensando nisso que resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas coisas que o um buraco negro é capaz de fazer além de sugar tudo ao seu redor. Se você já viu algo sobre e deixamos de listar aqui, manda pra gente nos comentário aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

1 - Girar extremamente rápido

Os cientistas conseguiram medir com precisão a rotação de um buraco negro supermassivo. O resultado foi 84% da velocidade da luz. O buraco negro central da NGC 1365, a 60 milhões de anos-luz de distância, é extremamente rápido e imensamente grande. Ele possui 3,2 milhões de quilômetros e possui vários milhões de massas solares. Ele gira rapidamente, arrastando o espaço-tempo e criando um redemoinho escaldante de poeira e expelindo raios-X do seu lado.

2 - Se juntar

Alguns buracos negros são tão imensos que os cientistas não acreditam que possam ser resultado de uma única estrela. Os estudiosos acreditam que eles sejam aglomerados estelares, ou seja, grupos de estrelas binárias moribundas que se juntaram. Um raio X revela que o centro da Via Láctea esconde uma cúspide de densidade. É uma "aldeia" de 12 buracos negros em potencial, circulando na periferia do nosso buraco negro supermassivo central, Sagitário A.

3 - Revelar o passado galáctico

O Atacama Large Millimeter/submilimetro Array (ALMA) forneceu uma imagem importante. A imagem do toro de um buraco negro, gasoso, empoeirado e cheio de detritos girando em sua volta revelou muita coisa. O toro histórico está a 47 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Cetus. Ele foi capaz de revelar um pouco do passado da galáxia, deduzindo então sua assimetria e movimento, que se fundiu com a galáxia há muito tempo.

4 - Mudar de galáxia

Os astrônomos acreditam que alguns buracos negros podem se mover de suas galáxias. O quasar é chamado de 3C 186, e é um surpreendente buraco com um bilhão de massas solares. Ele, de forma curiosa, está fazendo uma saída rápida do seu aglomerado de galáxias. Os cientistas mediram sua nuvem de gás diminuindo 7,6 milhões de quilômetros por hora. Isso quer dizer que ele seria capaz de viajar da Terra para a Lua em três minutos.

5 - Roubar de buracos maiores

Astrônomos confirmaram cinco casos de fusões de buracos negros que produzem ondas gravitacionais. No entanto, alguns buracos eram muito grandes aparentemente. Eles possuíam mais de 15 massas solares, como eram esperados, podendo chegar a 20 massas solares cada. Isso porque eles roubam "comida" de um buraco ainda maior no centro da galáxia.

6 - Apagar o Sol

Astrônomos encontraram um buraco negro voraz no universo inicial relativamente estéril e calmo de 12 bilhões de anos. Esse seria capaz de consumir o Sol em apenas dois dias. Ele libera tanto gás e poeira ultra aquecida que bilha mil vezes mais do que outro na galáxia. Não se sabe como ele ficou tão grande, mas sabe-se que possui uma imensa força bruta.

7 - Usa campos magnéticos para festa

Um fator importante que dita a massa de um buraco negro pode ser um campo magnético. Cientistas que estudaram a Cygnus A, galáxia ativa mais próxima de 600 milhões de anos-luz-distante, encontraram um campo magnético forte em torno do núcleo energético. O buraco negro dessa galáxia está ativo, lançando jatos colimados de radiação de seus polos. Ele recebe a ajuda do campo magnético em torno dele. O seu campo prende o material em um anel, ou toróide, ao redor do buraco. Isso empurra os detritos em sua boca escancarada.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seu amigos. Lembrando sempre que o seu feedabck é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Youtube
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+