Curiosidades

7 coisas que você não sabia sobre as fotos vazadas da Coreia do Norte

0
epa05094834 A handout photo provided by the Korean Central News Agency (KCNA) via Yonhap News Agency (YNA) shows North Korean leader Kim Jong-un making a congratulatory visit to the Ministry of People's Armed Forces, in Pyongyang, North Korea, 10 January 2016, accoridng to KCNA reprots. Kim said the hydrogen bomb test carried out last week was an act of self-defense, according to the report. EPA/KCNA / HANDOUT SOUTH KOREA OUT HANDOUT EDITORIAL USE ONLY/NO SALES

A Coreia do Norte está entre os lugares mais secretos do mundo. Poucas pessoas sabem algo sobre o lugar. As que sabem, sabem pouco. o país é fruto da divisão da península coreano nas partes norte e sul. Surgiu, mais precisamente, em 1948, após a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial. Desde então, pessoas do mundo inteiro se esforçam para saber mais sobre o país governado, atualmente, por Kim Jong-Un. Existem alguns documentários mostrando o interior das fronteiras, mas é tudo muito regrado e controlado pelos guias turísticos, que acompanham os jornalistas em tempo integral.

Apesar de todos esse mistérios que rondam o país, vez ou outra, algumas informações acabam vazando. Esses são publicadas por meio de correspondentes internacionais e até de pessoas anônimas, que visitam o país. Pensando sobre isso, listamos algumas imagens vazadas do país, com curiosidades que você, provavelmente, não sabia. Já aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Coisas que você não sabia sobre as fotos vazadas da Coreia do Norte

1 – Comunista?

A Coreia do Norte diz que segue a ideologia Juche Sasang. Essa prega a autossuficiência, ou seja, eles tendem a rejeitar qualquer coisa que crie dependência de outras nações. Eles dependem dos seus próprios esforços e inteligência. Isso mostra que o regime no país não é necessariamente comunista, diferente do que muitos pensam.

2 – Democracia

Kim II-Sung será para sempre considerado o líder supremo no país, mesmo depois de morto. No país, há apenas um partido político, o Partido dos Trabalhadores da Coreia. Seus membros precisam usar um crachá do líder supremo, o tempo todo. A cada cinco anos, é realizada uma eleição no país, essa serve para legitimar sua democracia e seus líderes, que sempre foram eleitos por 100% dos votos válidos. Na cédula de votação, há apenas um candidato.

3 – Propaganda

Na década de 1950, uma cidade falsa, com fins de propaganda, chamada Kijong-dong, foi construída. Isso aconteceu após a guerra da Coreia. Basicamente, a ideia era passar a impressão de um lugar pacífico e próspero. Eles esperavam atrair pessoas do sul para o país. A cidade apresenta prédios que abrigam 200 famílias felizes, que agem naturalmente no dia a dia. No entanto, as janelas dos prédios não possuem vidros e as luzes elétricas são operadas em um temporizador automático.

4 – Barbeiros

Um corte diferente, colorido e ousado? Pode esquecer. Cortar os cabelos na Coreia do Norte não é algo discutido, em salões por lá. No país, não se discute modelos de corte. O regime é quem decide como os cidadãos precisam parecer. As mulheres podem escolher entre os estilos oficiais de corte. As casadas são instruídas a manterem eles mais curtos. As solteiras podem escolher entre o comprimento mediano e um pouco ondulado. Já os homens precisam cortar os cabelos a cada 15 dias. Não podem ter mais de 5 centímetros de comprimento.

5 – Educação dos filhos

Quem tem um familiar criminoso, também é um criminoso. Sim, isso é lei na Coreia do Norte. E eles levam isso muito a sério e acabam culpando a família inteira, por um crime de uma pessoa. Se o indivíduo for mandado para um campo de trabalho, terão que ir todos juntos os pais, avós e até mesmo os filhos, mesmo se forem crianças.

6 – Feliz Natal?

Não existe isso. Desde 1994, quando o país perdeu o primeiro líder, Kim II-Sung, o 8 de julho deve ser considerado o dia de luto. Ninguém no país pode sorrir, dançar ou falar alto na data. Além disso, o aniversário do líder, 15 de abril, é considerado o dia de passagem dos anos. Não tem a comemoração de natal, como nós temos. Por esse motivo, os norte-coreanos estão sempre em anos diferentes que os de nosso calendário.

7 – Tecnologia

Existem, na Coreia do Norte, computadores avançados e internet. No entanto, não é possível acessar sites de outros países, a não ser que você seja um funcionário importante. Wi-Fi não existe por lá e as pessoas não possuem celulares, que conectam na rede de internet do país. Além disso, os tablets são adaptados, de acordo com as leis do país, e não contam com Wi-Fi ou Bluetooth.

E aí, o que você achou sobre tudo isso? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Fã gasta mais de 1 milhão para se parecer com cantor do BTS

Matéria anterior

Por que The Witcher não deveria tentar se tornar a nova Game of Thrones?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar