• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 fatos assustadores sobre o canibalismo

POR Gustavo Camargo    EM Curiosidades      26/04/18 às 14h19

O canibalismo pode ser definido basicamente como o ato de comer carne ou partes do corpo de um indivíduo da mesma espécie. Mesmo sendo um tabu, foi um hábito que aconteceu ao longo da história. E ainda acontece. Essa prática teve diferentes motivações e características ao longo do tempo.

O fato da existência de tribos canibais na América foi uma questão presente durante o processo de colonização europeia. Em algumas civilizações antigas, o consumo da carne de seus inimigos era vista como uma importante estratégia da cultura. Mas muitas coisas são consideradas sombrias nesse ato. E foi pensando nisso que nós da Fatos Desconhecidos trouxemos 7 fatos assustadores sobre o canibalismo. Confira:

1 - A canibalismo sempre esteve presente na vida dos humanos

Mesmo que seja algo difícil de tolerar, nossos ancestrais praticavam canibalismo regularmente. O Homo antecessor, por exemplo, comeria pessoas mesmo se tivesse outras opções de caça. Eram feitas celebrações canibais onde os inimigos eram o banquete.

2 - Humanos não são muito nutritivos

Mesmo que nossos ancestrais praticassem o canibalismo, isso não trazia nenhum fator nutritivo a eles. Um animal maior, poderia alimentar uma aldeia inteira de neandertais. O ser humano não consegue se igualar em calorias se pontuarmos outras fontes de alimento.

3 - Canibalismo é algo comum na natureza

Embora o canibalismo seja tratado como um tabu pelo ser humano, isso é um hábito normal no reino animal. Um grande exemplo disso é a aranha viúva negra, que frequentemente come o macho após o acasalamento. Sabe-se que as mães comem seus próprios filhotes.

4 - O sabor da carne humana pode variar

Você sabia que a carne humana é bastante semelhante a do porco em questão de gosto? Mas há vários fatores a serem considerados aqui. Sexo, idade, a parte consumida e o modo de preparo, isso tudo muda o gosto.

5 - Canibalismo é viciante

Karen Hylen, uma terapeuta do Centro de Tratamento Summit Malibu, afirma que o canibalismo ativa o centro de prazer do cérebro e grandes quantidades de dopamina acabam circulando no organismo. Ela chega até a comparar o que acontece isso com o que acontece no corpo de uma pessoa quando usa cocaína.

6 - O canibalismo levou a uma doença chamada "Kuru"

No passado, quando povos de Fore em Papua Nova Guiné consumiam seus falecidos, eles acabaram desenvolvendo uma estranha doença chamada "Kuru". Seus sintomas eram risos incontroláveis, incapacidade de controlar as funções do corpo e até paralisia. Alguns a conhece como "Morrer de rir". Os pesquisadores descobriram que isso aconteceu por causa de uma proteína  que lentamente criava buracos no cérebro de uma pessoa.

7 - A maioria das pessoas participa de formas leves de canibalismo

canibalismo

De certa maneira, a maioria das pessoas participa de formas "leves" de autocanibalismo ou como muitos chamam, o ato de comer o próprio corpo. Isso pode incluir pele seca ou unhas.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria
Via   List25     Historiadomundo  
Imagens Studybreaks
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+