• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 formas assustadoras que eles estão coletando nossos dados

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      28/05/18 às 19h17

O desenvolvimento da internet permitiu que todas as pessoas que a tem possam reagir sobre ela mostrando sua opinião e reagindo a determinadas situações. Fator que, se pensado pelo nosso lado, estaria ajudando a dar voz a toda a população de forma igualitária. Mas, será que isso representa realmente a realidade desses meios? Afinal de contas, apesar de terem mantido isso implícito por algum tempo, eles também se beneficiam desse novo comportamento social.

Acontece que, independente do quanto você acredite estar protegido, essa ideia pode ter se tornado uma mera ilusão nos dias de hoje. Afinal, como tudo o que fazemos, diariamente, acontece majoritariamente pelos meios de comunicação via internet, algumas pessoas acabaram descobrindo formas de se aproveitar disso. O fato é que, tudo que você faz, por mais insignificante que pareça, pode acabar sendo transformado em dados e, consequentemente, servindo para gerar lucro a determinadas empresas. E, se por algum motivo você não acredita nisso, essas são algumas das formas utilizadas por eles.

1 - Verificação da sua conta bancária

A Apple, por mais limpa que pareça ser, parece estar fazendo algo não muito ético no momento. Isso porque, de acordo com informações, eles teriam desenvolvido um programa capaz de analisar a conta bancária dos seus usuários e as estaria usando como mercadoria. A empresa, aparentemente, poderia vender a sua situação bancária para qualquer empresa que estivesse disposta a pagar pela informação. O que, sem dúvidas, poderia ajudá-los a identificar a renda do seu público juntamente com suas dívidas e demais informações.

Na patente do produto, a empresa acaba deixando claro do que ela se trata, afirmando que seus bens e serviços podem ser comercializados para grupos-alvos, levando em consideração as informações de crédito de cada usuário. Ainda assim, em um discurso feito pelo CEO da empresa, Tim Cook, afirmou que espionar as pessoas para ganhar dinheiro seria errado. Mas, se você parar para pensar, porque eles desenvolveriam algo que não estavam dispostos a usar? Bom, a veracidade dessa atividade, até o momento, não pode ser confirmada ou mesmo desmentida.

2 - O olho das empresas

Por incrível que pareça, as empresas tem um olho especial que está constantemente vigiando o seu público-alvo e ele é a sua própria webcam. Você já deve ter visto em alguns filmes e relatos por aí como as pessoas acabam sendo vigiadas, inconscientemente, através das câmeras dos seus dispositivos. E, apesar de muitos acreditarem que isso não passa de ficção, muitas empresas podem estar utilizando essa "arma" para se favorecer. Isso porque, depois de perceberem como alguns anúncios pareciam estar realmente direcionados para você, levando em consideração coisas que as pessoas tinham em seus quartos, acabaram desconfiando que o Facebook poderia estar utilizando essa tática.

Apesar de não ter sido confirmado que a empresa utiliza a sua câmera para vistorias os seus usuários, com toda a sua capacidade, é difícil acreditar que eles não usem essa oportunidade. Além disso, empresas como a Emotional Analytics tem utilizado a webcam para analisar a reação das pessoas ao verem certos anúncios. Aterrorizante imaginar que isso seja possível, não acha? Além disso, o Android acabou reformulando a sua política, em fevereiro de 2018, de forma que essa proíba os aplicativos de utilizar a câmera para espionar secretamente os usuários. O que, para falar a verdade, não seria necessário se não estivesse acontecendo.

3 - Fiscalização por placa

As pessoas acreditam que, independente de onde estejam, o GPS do seu dispositivo acaba te entregando mas, apesar disso ser verdade, existem outras formas de se fazer isso. Acontece que, em países como os Estados Unidos, uma brecha na lei acabou permitindo que as empresas possam te seguir e descobrir informações sobre você por meio da placa do seu carro. E, para falar a verdade, empresas que cuidam desse escaneamento acabam ganhando bilhões com o trabalho, sendo realmente lucrativa.

Isso por que, ao analisarem a sua trajetória, eles são capazes de verificar o seu histórico de compras, descobrir onde você mora, com quem se relaciona e muito mais. E, como já deve imaginar, dados como esses acabam sendo vendidos para empresas que estejam interessadas no seu perfil - para que possam entender melhor sobre você e o seu comportamento. Acontece que, por afirmarem não estar dando informações privadas, já que não revelam o seu nome, elas acabam não estando realmente fora da lei. Mas, uma pesquisa básica deve ser o bastante para descobrir a quem a placa do carro pertence.

4 - Localizador por Wi-Fi

O que as empresas ganham ao te oferecer Wi-Fi grátis em seus estabelecimentos, além do seu fiel amor? Por incrível que pareça, elas conseguem muito mais de você ao fazer isso do que poderia imaginar. Isso porque, mesmo que muitos não saibam, você pode ser localizado por meio da rede Wi-Fi que está conectado. Isso significa que, ao se conectar a uma, a empresa acaba conseguindo te rastrear, descobrindo quanto tempo se mantem na loja, por onde vai, o que parece estar procurando, se você compra algo enquanto está lá ou até mesmo se procura pelos produtos que ela oferece em outros lugares na internet - enquanto está na loja.

Além disso, informações revelaram que, apesar de ser mais vantajoso que você esteja conectado a rede, eles podem te localizar mesmo que você não esteja nela. Isso porque, se você já parou para reparar, o seu celular está constantemente em busca de Wi-Fi. E, incrivelmente, as empresas conseguem identificar cada um desses 'pings' - tentativas de se conectar, e estabelecer em que locais da loja você esteve. E, consequentemente, saber o que estava procurando. Mesmo que isso pareça realmente surreal, empresas como a Mancy's, a BMW, a Top Shop e a Marrisons, por exemplo, já confessaram vistoriar seus clientes por meio desta tática. Agora, imagine quantas outras não fazem isso escondidas e simplesmente não admitem.

5 - Reconhecimento facial

Você já percebeu como o reconhecimento facial do Facebook pode ser eficiente? De alguma forma, vez ou outra, acabamos nos surpreendendo com a sua capacidade de reconhecer rostos mesmo em condições complicadas. E, se pensar de forma mais ampla, isso pode acabar sendo utilizado para outros fins, além de facilitar o seu trabalho na hora de marcar um amigo na foto. Na própria rede social, ela acaba servindo para estreitar relacionamentos e identificar pessoas com quem você tem mais contato. Mas, na verdade, algumas câmeras tem sido utilizadas com esse mesmo fim.

O que estamos querendo dizer é que, além de te vigiar para não roubar as lojas, as câmeras nesses estabelecimentos também tem utilizado o reconhecimento facial para determinar o seu público. Ao fazer isso, a empresa acaba podendo descobrir coisas importantes sobre você e determinar características importantes como a sua idade, etnia e gênero - fundamentais para estabelecer um público-alvo. Além disso, a Amazon possuí um sistema de reconhecimento chamado ' Rekognition'. E informações indicam que ela pode acabar sendo vendida para o departamento de polícias para facilitar a identificação de pessoas por meio do reconhecimento facial.

Além disso, a China já tem usado essa técnica para esse fim. Caso você não saiba, o país possuí cerca de 170 milhões de câmeras de segurança espalhadas por toda parte e elas se mostraram ainda mais úteis quando usadas junto com o reconhecimento facial. Para se ter uma ideia, eles conseguiram identificar um criminoso em meio a uma multidão de 60 mil pessoas, soltando um alerta imediato para a polícia. E, nesse ponto, isso parece realmente promissor.

6 - Registro das chamadas telefônicas

Mais uma vez o Facebook parece ter se metido em uma grande polêmica. Depois do escândalo envolvendo a 'Cambridge Analytica' muitas pessoas acabaram querendo pesquisar mais a fundo o que a rede social estava mantendo sobre os seus usuários. E, depois disso, uma nova surpresa acabou surgindo. De acordo com algumas informações, essa mídia social estaria mantendo um registro das chamadas telefônicas de cada um de seus usuários. Os dados encontrados mostravam com que a pessoa estava falando, quanto tempo durou a ligação e, aparentemente, até mesmo os textos enviados para tal. Mas, ainda assim, eles negaram que ouviam as conversas das pessoas, apesar de terem registros minuciosos sobre cada ligação.

E, ainda que eles continuem negando o fato, algumas pessoas tem se questionado a respeito da integridade da empresa. Afirmando que o Facebook e a Google estariam usando as conversas via telefone para direcionarem produtos a elas e melhorarem a segmentação dos seus anúncios. O que, sem dúvida, é assustador.

7 - A venda de localizações

Você conhece a empresa AccuWeather? Para falar a verdade, é provável que você não a reconheça pelo nome mas, na verdade, basta ter um Smartphone para estar sendo observado por ela. Isso porque, mesmo que nunca tenha percebido, o aplicativo destinado a te indicar as horas, juntamente com a temperatura local da cidade em que você está - que já vem no dispositivo, pertence a eles. E, se você está duvidando, basta clicar no aplicativo e rodar até a parte de baixo, você provavelmente irá encontrar esse nome lá.

E, por estarem presentes no seu dispositivo meio que inconscientemente, eles acabam se aproveitando disso para fazer outras coisas sem o seu consentimento. Em 2017, a empresa acabou sendo acusada depois de ser pega em flagrante vendendo a localização dos seus clientes. Isso porque, além de registrarem a cidade em que você está, eles também sabem a sua localização exata. Acontece que a venda dessa informação para outras empresas faz com que elas possam fazer anúncio sobre elas no momento em que você está próximo de uma de suas instalações. E, acredite, por mais errado que isso pareça, mesmo se você estiver com o seu GPS desligado eles são capazes de determinar a sua localização.

Apesar de parecer algo que você veria em uma ficção científica, as empresas realmente perdem a noção dos limites para conseguir algo. Muitas delas acabam sendo capazes de fazer tudo, até mesmo te espionar sem o seu consentimento, para se beneficiar. E, como você podê ver, isso já é uma realidade no momento. O que acharam? Sabiam que estavam sendo constantemente espionados pelas empresas?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+