Que o nosso universo é infinito, todos nós sabemos. Na imensidão do espaço, existem diversos corpos, como planetas, estrelas, meteoritos e vários outras coisas. Uma coisa, que nem todos sabem, é que o universo é dividido em galáxias. O nosso Sistema Solar, por exemplo, está localizado na galáxia Via Láctea. Existem diversas, algumas mais populares e outras nem tanto assim. Algumas ocupando um grande espaço no universo, outras bem menores, quase invisível para nós. Há galáxias relativamente "perto" da nossa e outras absurdamente distante.

Ainda não há um número fixo de quantas galáxias existem no universo. Os cientistas acreditam que existam entre 100 e 200 bilhões delas no total. Logicamente, elas não são parecidas, ou seja, cada uma possui uma aparência, uma forma. E foi pensando um pouco sobre isso, que resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas das galáxias mais bizarras do espaço. Essas, é claro, são as que já foram observadas pelos humanos. Confira conosco e aproveite para compartilhar com seus amigos.

Galáxias mais bizarras do universo

1 - Galáxia Água Viva (ESO 137-001)

Essa galáxia fica na constelação Triangulum Australe e se parece com uma água-viva, nadando em um mar de estrelas. Não é apenas isso que é esquisito nela. Cientificamente, essa galáxia é classificada como "espiral barrada". Isso porque suas estrelas formam uma espiral com um centro em forma de barra. Possui um processo de formação de estrelas misterioso. Segundo a NASA, suas estrelas formam em uma cauda de poeira e gás, invisível a olho nu e que deveria ser muito quente para permitir tal concepção.

2 - Galáxia com pouca matéria escura (NGC 1052-DF2)

Publicidade
continue a leitura

O Telescópio Espacial Hubble detectou, em 2018, uma galáxia que parecia quase desprovida de matéria escura. Isso era muito bizarro, pois a matéria escura existe em abundância no universo. Mais do que isso, em quantidades muito maiores do que a matéria normal. Essa galáxia chama a atenção dos estudiosos do mundo inteiro, até hoje.

3 - Galáxia zumbi (MACS 2129-1)

A MACS 2129-1 é uma das galáxias mais bizarras do universo. Os cientistas a chamam de "galáxia morta". Embora ele gire duas vezes mais rápido que a Via Láctea, ela não é nada ativa. Ela não formou nenhuma estrela por 10 bilhões de anos. A descoberta dela confundiu os cientistas que acreditavam que esse tipo de galáxia se formava ao se juntar com galáxias menores.

4 - Galáxia canibal (NGC 224)

Publicidade
continue a leitura

A galáxia de Andrômeda, a nossa maior vizinha, é um tipo "guloso". Isso porque tem devorado as galáxias menores, há pelo menos 10 bilhões de anos. Mais do que isso, os pesquisadores estimam que, em 4,5 bilhões de anos, a Via Láctea irá se fundir com ela.

5 - Galáxia ladra (W2246-0526)

Como já percebemos, galáxias colidem, se fundem e roubam estrelas umas das outras. Esse é o caso de W2246-0526. Em 2018, os pesquisadores perceberam que ela estava "puxando" massa de outras três galáxias próximas. Esse é um tipo de canibalismo galáctico.

6 - Galáxia superativa (ESO 381-12)

Publicidade
continue a leitura

A ESO 381-12 é uma das mais bizarras galáxias do universo. Ela está a aproximadamente 270 milhões de anos-luz da Via Láctea. A galáxia fica localizada na constelação de Centauro. O curioso é que ela é um tipo de "galáxia híbrida". Isso quer dizer que é meio termo entre uma galáxia espiral e uma elíptica. O mais interessante sobre ela são as "pétalas" irregulares, que saem do seu corpo galáctico central.

7 - Galáxia escondida (Vermin)

Por mais estranho que seja essa imagem, trata-se da galáxia de Vermin. Em 2020, a estrela principal irá obscurecer totalmente essa galáxia. Antes disso acontecer, os cientistas querem estudar o espectro de luz conforme ela faz o trânsito pela estrela. Talvez, possam descobrir alguma coisa sobre os objetos, ao redor desse lugar estranho.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Publicado em: 21/02/20 15h02