• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 histórias por trás de estilos famosos de tatuagem

POR Mateus Graff    EM História      04/06/18 às 19h29

A tatuagem é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas do mundo. Essa prática se baseia em uma arte feita na pele que consiste uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas. Existem vários estilos de tatuagem, como a Old School, Pontilhismo e Aquarela, mas vocês conhecem a história por trás de cada estilo?

Pois bem, resolvemos fazer essa lista para os nossos leitores que são fãs de tatuagem mostrando qual é a origem de cada estilo. Será que o seu estilo favorito vai estar nessa lista? Confira agora então a nossa matéria com as 7 histórias por trás de estilos famosos de tatuagem:

1 - Maori

A partir de 2010 as tatuagens maoris se tornaram muito populares em muitos lugares ao redor do mundo. Para quem não sabe, os maoris são um povo da Nova Zelândia e quanto mais nobre é um homem maori, mais ele tem o rosto coberto por tatuagens. É importante lembrar que as tatuagens maori são feitas de acordo com a história pessoal de que está sendo tatuado e não um desenho qualquer, como a maioria das pessoas fazem. A tradição das tatuagens maori começou a se expandir para fora da Oceania nos anos 2000 e se espalhou por todo o mundo. Você conhece alguém que tenha uma tatuagem nesse estilo?

2 - Aquarela

Um estilo bastante recente, mas que já conquistou muita gente em todo o mundo. O estilo aquarela (ou watercolor) foi inspirada na famosa pintura usada no papel, que foi inventada há mais de 2 mil anos. Bom, eese estilo talvez seja o mais novo dessa lista, tendo surgido por volta do ano de 2011. De lá pra cá o estilo conquistou muitas pessoas, tanto homens quanto mulheres.

3 - Pontilhismo

Embora tenha explodido nos anos 90, sendo uma técnica herdeira do Impressionismo, o pontilhismo tem passagem pelo começo da história da tatuagem. Antes das máquinas elétricas, as tatuagens eram feitas com pontos que preenchiam um desenho. A técnica milenar Yantra, da Tailândia, faz uso apenas de uma espécie de caneta, haste e agulha.

4 - Tatuagens de gangues americanas

O sistema prisional dos Estados Unidos abriga membros das gangues mais perigosas do mundo. É difícil falar sobre cada uma dessas gangues individualmente, mas podemos citar algumas das tatuagens mais comuns de gangues. A tatuagem de lágrima, por exemplo, pode indicar que o preso matou alguém ou passou muito tempo na prisão.

A teia de aranha representa um longo período de prisão. Cinco pontos, nas mãos ou no rosto, significam o tempo gasto na prisão, com quatro pontos representando as paredes, enquanto o quinto é o prisioneiro. A máscara de palhaço significa: "Sorria agora, chore mais tarde", mas aqui no Brasil costuma ser associada a roubo e morte de policiais. A bola oito representa má sorte. O número 88 significa "Heil Hitler" - já que H é a oitava letra do alfabeto.

5 - Sak Yant (tatuagem tradicional da Tailândia)

Acredita-se que a tatuagem tradicional da Tailândia tenha origem no Império Khmer, em algum momento entre os séculos IX e XV. Conhecida como Sak Yant, esta tradição secular é uma mistura de budismo, hinduísmo, feitiços xamanísticos e antigos mitos que se transformaram ao longo dos séculos em um ritual realizado por monges em templos por todo o país.

Os poderes que essas tatuagens dizem para as pessoas não vêm apenas dos projetos em si, mas também das orações contínuas recitadas ao longo de todo o processo. A ferramenta usada é uma vara de bambu comprida com uma agulha de metal na ponta. Muitos tatuadores tradicionais retratam animais como tigres, dragões, cobras, leopardos ou fênix. Todos, no entanto, são cercados pelos mantras e yantras apropriados.

6 - Old School

O estilo Old School começou a ser usado principalmente por marinheiros, fuzileiros navais, piratas, errantes e rebeldes. Como muitos marginais faziam uso de tatuagens, isso ajudou com que a sociedade tivesse uma má impressão das tatuagens.

O estilo Old School é marcado pelos traços grossos e pretos e com uma paleta de cores bem reduzida, resumindo em preto, azul, verde e vermelho. Outra marca forte desse estilo é a simbologia, composta por pássaros, caveiras, garotas pin ups e âncoras. Por que esses desenhos? O estilo surgiu na década de 1890, mas só se popularizou em 1920. As pessoas da época costumavam escolher desenhos da realidade que viviam, e isso explica por que os marinheiros, marginais, piratas, fuzileiros faziam desenhos como esses.

7 - New School

A 'nova escola' não é tão diferente assim na 'velha escola', mas houve uma grande evolução nos símbolos e cores, é claro. Ao invés das âncoras e caveiras, o New School tem muitos elementos da cultura pop, como filmes, séries e quadrinhos. O New School nada mais é do que uma vertente do Old School, só que com cores vibrantes, traços mais delineados, mais sombreamento e degradê. Ah, é preciso deixar claro que os símbolos do Old School não foram descartados, eles apenas ganharam novos ângulos e uma repaginada completa.

E aí, já conhecia a história de todos esses estilos? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+