7 lugares no mundo onde animais perigosos vivem próximos aos humanos
Tempo de leitura:4 Minutos, 43 Segundos

7 lugares no mundo onde animais perigosos vivem próximos aos humanos

Dizem que a convivência com os animais, as vezes, pode ser bem mais proveitosa que aquela com os humanos. Será mesmo? Bem, a grande questão é que a maior parte das pessoas realmente morre de amores por seus bichinhos de estimação. Mas não se esqueça que quando falamos de animais, estamos envolvendo todos eles. Conviver com leões, tigres e ursos, por exemplo, seria tão fácil assim?

Estamos acostumados a acreditar que isso seriam simplesmente impossível… Claro, os humanos serviriam de alimento para gigantes como estes, não acha? Em certas ocasiões sim, mas a verdade é que a possibilidade de convivermos em harmonia é real. Algumas cidades ao redor do mundo já fizeram isso… Ao invés de se livrarem de animais que significavam um potencial risco, resolveram fazer algumas modificações e se adaptar a esse estilo de vida. Confira algumas delas:

1 – Leopardos em Mumbai

Mumbai é uma cidade indiana, também conhecida como Bombaim. Ela é nada menos que a maior e mais povoada cidade indiana e mesmo assim, ainda conta com a inusitada presença desses gigantes felinos. Mas como seria possível essa relação? Existem muitos casos de “acidentes” registrados? Bem, por incrível que pareça, esses animais costumam viver em harmonia com os humanos, embora ainda existam raros registros de ataques.

Pelo menos 35 deles foram avistados ao redor do Parque Nacional Sanjay Gandhi, localizado no centro da cidade. Por ali não é muito fácil encontrar florestas, que deveriam ser o habitat dos leopardos. Dessa forma, acredita-se que eles estejam passando por uma mudança de comportamento, que inclui a convivência em grupo.

2 – Ursos na Turquia

Os ursos pardos costumam ser grandes e reagem de forma agressiva. Rize, uma cidade na Turquia, estava sofrendo com esses animais em meio aos seus centros urbanos. No entanto, quem mais sofria eram os apicultores, visto que o mel de suas colmeias estava sendo roubado. Na tentativa de resolver o problema, passaram a criar as colmeias em locais de difícil acesso aos ursos, ao invés de tentar tirá-los do local. Dessa forma, passaram a conviver em maior harmonia.

3 – Cascavéis em Connecticut

Um dos animais que as pessoas menos esperam encontrar passeando por aí, são as cobras. Mas o que faria se morasse em uma cidade em que elas estão por todas as partes? Bem, é uma situação delicada, mas as pessoas da cidade de Glastonbury, no estado norte-americano de Connecticut resolveram agir de forma diferente.

Preocupados com a possibilidade de extinção das cascavéis, a população da cidade foi educada e aconselhada a salvar esses animais, ao invés de tentar matá-los. Dessa forma, foram criadas até mesmo algumas reservas para que elas possam viver em paz e procriar. Atualmente, a população da cidade se orgulha em viver harmonicamente em meio às cobras.

4 – Ursos polares na Baía de Hudson

A cidade canadense de Churchill, localizada na margem da Baía de Hudosn, é muito conhecida por ter uma grande população de ursos polares, que por sinal, convivem com humanos. No entanto, nem sempre essa convivência é pacífica, visto que esses animais costumam apresentar comportamento agressivo. Logo após algumas pessoas terem passado por experiências pouco agradáveis, o “Programa de Alerta de Urso Polar” foi criado.

Assim, sempre que os ursos estão em perigo ou colocam humanos nessa condição, agentes do programa se encaminham até o local e fazem a retirada do animal de forma segura e sem causar danos à sua saúde. Em seguida, são encaminhados até uma instalação e levados de volta ao seu habitat natural, longe dos humanos.

5 – Tigres em Mohnapur

Você acha que leopardos são suficientes? Não, na Índia as pessoas ainda precisam aprender a conviver com os tigres. A aldeia de Mohnapur é conhecida por abrigar alguns desse animais e infelizmente, não possuem a segurança necessária para resistir a um possível ataque.

Entretanto, parece que os aldeões não incomodam muito os grandes felinos. Ao contrário do que se pensa, as pessoas ali parecem agradecidas pela presença deles. O javali é um animal que costuma destruir plantações no local, mas a partir do momento em que os tigres estão por ali, enxergam esse animal como presa fácil. Assim, nada é perdido e nem mesmo os humanos sofrem ataques.

6 – Lobos em Banff

De vez em quando, Banff, uma cidade canadense, sofre visitas de diversos lobos. Enquanto muitas cidades não suportariam isso e viveriam em completo medo, por lá as coisas são diferentes. Banff é região de um parque nacional, dessa forma, as autoridades acreditam que não podem interferir na presença dos animais por ali e que são sim bem vindos. Quando eles matam, a região é fechada para que possam desfrutar da presa sem a interrupção de humanos, não colocando vidas em perigo.

O mas incrível é que eles parecem entender e respeitar a relação com as pessoas. Por mais que os bichos de estimação ainda virem alvo as vezes, casos do tipo são bem raros e ataques à humanos simplesmente não acontecem.

7 – Leões em Masai Mara

Em Masai, era muito comum que as pessoas praticassem a caça aos leões. Esses animais costumavam atacar o gado e se transformaram em uma incrível ameaça à forma de sobrevivência humana no local. Como a população de leões estava ameaçada, as pessoas foram instruídas a proteger os grandes felinos, conservando sua presença.

Felizmente, programas do tipo foram capazes de convencer as pessoas que matar não era a melhor forma de solucionar o problema. Assim, simplesmente passaram a criar o gado de forma diferente e sob maiores proteções, fora do alcance dos leões. Atualmente, são capazes de conviver de forma mais pacífica.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!