7 mudanças nos vilões da DC nas séries da CW que não dá pra defender

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      12/03/18 às 23h22

Enquanto a Marvel Studios domina o cinema com o maior universo de super-heróis criados, na televisão esse título pertence ao canal CW. A partir da série Arrow, a empresa desenvolveu um mundo heróico para chamar de seu. Até agora, temos Flash, Supergirl e Legends of Tomorrow. Há também Raio Negro, no entanto, apesar de o personagem, supostamente, integrar o mesmo universo, ele ainda não interagiu com os outros heróis. Desta forma, a CW criou um cenário de sucesso, especialmente quando reúne todos os seus principais personagens em um megacrossover.

Com tantos heróis, também veio uma leva de vilões. O problema é que, assim como a CW faz pouco caso com os clássicos heróis da DC Comics, o canal segue a mesma tendência com os vilões. Ela altera suas histórias de origem, suas motivações, seus poderes e, no final das contas, entrega um antagonista fraco, desinteressante e esquecível - mas não para nós. A fim de lembrar as mancadas que a CW já cometeu, separamos alguns vilões que foram distorcidos em seus programas.

1 - Master Jailer

Uma das razões pela qual Lex Luthor é o maior vilão do Superman está na maneira como o humano consegue ser uma ameaça real a um ser que claramente pode vencê-lo. Isto é, o vilão não está necessariamente na força de mesma proporção e oposta ao herói, mas sim ao que ele escolhe fazer com suas habilidades - algo que muitos escritores não entendem, em especial os roteiristas da CW.

Originalmente, Carl Draper não deseja matar Superman, apenas mantê-lo sob controle. Em Supergirl, a equipe criativa da série apresentou um vilão psicótico e carniceiro que, embora tivesse um visual bacana, foi totalmente descartável.

2 - Gorilla Grodd

Clássico vilão do Flash, o personagem merecia uma temporada inteira para ser trabalhado. Por sua origem um tanto quanto ridícula nos quadrinhos, é compreensível porque a CW optou por alterar esse elemento na série. Contudo, nada justifica o resultado desastroso apresentado ao público. Gorilla Grodd se mostrou um antagonista pouco carismático, babão (mal sabia falar) e sem motivação.

3 - Solomon Grundy

Para variar, um dos vilões do Batman chegou a participar da série Arrow. No programa, existe apenas uma leve referência a suas origens nos quadrinhos, além de seu nome, claro. Ele foi morto pelo Arqueiro Verde, porém, mesmo depois de voltar à vida, se apresentou como um antagonista superficial, que não conseguiu despertar curiosidade suficiente no público para manter o interesse na história.

4 - Merlyn

Diferente de alguns nomes, Merlyn foi um personagem interessante e um vilão persistente na trama. Ele teve vida longa e foi de grande importância para o desenvolvimento da história. O problema reside em sua motivação clichê: a morte da esposa. Sem desrespeitar sua dor, mas, para um vilão durar tanto quanto ele, sua origem de fundo deveria ter sido construída da melhor forma possível. Até porque, depois que ele consegue se vingar da morte de sua amada, ele continua na vida do crime simplesmente porque ansiava por mais poder. Qual é?!

5 - Parasita

O vilão está presente nos quadrinhos do Homem de Aço e na televisão fez uma visitinha à prima do herói. Ele, que faz parte da galeria de antagonistas clássicos do Superman, costumava ser apresentado como uma pessoa de ganância excessiva que usa suas habilidades para fins egoístas.

O que o torna um oponente complicado de lidar é sua capacidade de absorção tanto de energia quanto de poder, algo que os roteiristas de Supergirl resolveram deixar de lado. Na série, Parasita se transformou em um vilão típico de caso semanal, sem nenhum tipo de grande ameaça ou qualquer contribuição para a história.

6 - Conde Vertigo

Na época em que Arrow era uma série promissora, a história ainda tentava investir em antagonistas do Arqueiro Verde. No entanto, a decisão não foi aproveitada como poderia. Conde Vertigo é um dos maiores causadores de dor de cabeça de Oliver Queen e Canário Negro, mas foi bem desperdiçado na série. O personagem não se mostrou nada além de um traficante de drogas; uma pessoa totalmente substituível, desinteressante e caricata.

7 - Mister Mxyzptlk

Podemos considerar a primeira temporada de Supergirl muito boa. A série era bastante promissora e chegou a animar, porém ela era da CBS na época. Depois de ser transferida para a CW, o pouco que tinha de interessante foi destruído.

A segunda temporada foi pavorosa, tanto que Supergirl deixou de ser a personagem principal de seu próprio programa para dar espaço a Mon-El. A série se tornou um romance e qualquer acontecimento era a respeito do romance entre Mon-El e Kara. Até mesmo a aparição de Mister Mxyzptlk. O vilão foi reduzido a um mero interesse amoroso forçado da heroína - nada além de uma "ameaça" entre os dois pombinhos. Nem Zeus perdoa zoeira desse nível.

Qual tipo de fã você é? Aquele que consegue identificar as falhas nos programas que gosta? Ou aquele que perdoa todos os deslizes? De qualquer forma, comente com a gente qual vilão da CW você menos gostou.

Via   CBR  
Imagens PW AW CN MJW EW DCW CDL
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Instagram: @gabinoronhaf

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+