• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 registros de criaturas assustadoras que a ciência não reconhece

POR Mateus Graff    EM Mistérios & Horror      25/01/18 às 16h45

Vocês já ouviram falar em criptozoologia? Para quem não sabe, esse é o "estudo de espécies animais lendárias, mitológicas, hipotéticas ou avistadas por poucas pessoas." E quantas vezes nós já escutamos casos de pessoas que avistaram animais como o pé grande, o chupa cabra ou coisas do tipo? Claro que não existem provas concretas da existência desses animais, mas os relatos são assustadores.

Pois bem, tendo em mente a quantidade de animais que são ditos existente mas que a ciência nunca reconheceu, resolvemos fazer essa lista com alguns deles. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com os 7 registros de criaturas assustadoras que a ciência não reconhece:

1 - Thunderbird

O Thunderbird é uma criatura criptozoológica que habita ou habitava diversas regiões dos EUA, como Illinois, Texas, Arizona e Missouri. Esse pássaro é descrito tendo entre 3 a 6 metros de envergadura e podendo chegar a 2 metros de altura. Pode parecer mentira, mas existem alguns relatos de avistamentos desse pássaro. O mais angito que se tem notícias foi em 1980, quando dois cowboys, segundo conta a história, conseguiram capturar um Thunderbird. As descrições dizem que o pássaro tinha asas de morcego, pele macia e cabeça que lembrava de um crocodilo, algo bem próximo dos pterodátilos. O problema é que não existe registro desse acontecimento.

Na década de 1950 uma foto (imagem acima) foi publicada em um livro. A imagem mostrava soldados da Guerra Civil Americana com a carcaça de um pássaro enorme, que supostamente era um Thunderbird. De acordo com a história, o pássaro foi abatido por soldados durante a Guerra Civil Americana em 1864, perto da cidade de Vicksburg. A publicação refere-se à criatura como "algum tipo de pássaro ou monstro desconhecido".

Mas um dos avistamentos mais famosos aconteceu em 1977. Quando três crianças brincavam em Lawndale, Illinois, duas aves enormes começaram a perseguir os garotos. Um deles foi capturado e, quando a ave começou a ser erguer, o garoto se debateu e o pássaro o soltou. Se essa ave existe ou não nós não sabemos, mas temos certeza que é uma ideia assustadora.

2 - Cat Sith

O Cat Sith é uma criatura da mitologia celta que é parecido com um gato preto com uma mancha branca no peito. O gato é mencionado em várias lendas e famoso por habitar as Terras Altas da Escócia. Antigamente, as pessoas dessa área costumavam acreditar que o Cat Sith era uma bruxa transformada em gato. Durante séculos, histórias inexplicáveis de gatos pretos foram relatados na Escócia. Na maioria dos casos os gatos eram do tamanho de grandes cães, com uma calda grossa e arqueada para trás.

3 - Pé grande da Pensilvânia

Um dos melhores vídeos do pé grande é o da Pensilvânia. Durante muitos anos os moradores de Carbondale relataram avistamentos bizarros de um pé grande branco. Carbondale é uma cidade pequena que foi o local da primeira mina subterrânea nos EUA.

Em julho de 2008, uma estação de notícias local na Pensilvânia publicou uma história falando sobre uma criatura branca depois de receber um e-mail anônimo. Foi dito ser um animal entre 1,8 a 2,1 metros de altora e coberta com uma pele branca. O e-mail mencionava uma área arboizada em Carbondale, perto da mina que citamos.

Em 2010 as pessoas começaram a relatar avistamentos do pé grande mais uma vez. Moradores da região disseram que ouviram barulhos estranhos vindo da floresta. Em um dos casos, um homem testemunhou um movimento em seu quintal e foi capaz de capturar imagens de vídeo.

4 - Gigantopithecus

Gigantopithecus é um gênero extinto de macaco que existiu há 100 mil anos atrás. Os fósseis das criaturas foram descobertos na China, Índia e Vietnã. A espécie viveu na mesma localização como vários outros hominídeos, mas eram muito maiores em tamanho. Os registros fósseis sugerem que o Gigantopithecus chegava a 3 metros e pesava até 540 kg.

Em 1935, os primeiros restos oficiais Gigantopithecus foram descobertos por um paleontólogo distinto e geólogo chamado Gustav Heinrich Ralph von Koenigswald quando ele encontrou uma coleção de ossos e dentes na China.

As mandíbulas de Gigantopithecus são profundas e grossas. Os molares são planos e apresentam a capacidade de moagem difícil. Os dentes têm também um grande número de cavidades, o que é semelhante ao pandas, por isso, foi levantada a hipótese de que eles se alimentavam bambu.

5 - Waheela

A história desses animais podem ser vistas ao lingo de vários séculos, através de folclores e mitologias. Em alguns casos, uma criatura com características semelhantes pode ter nomes diferentes em algumas culturas. Um deles é o waheela, um lobo que tem sido relatado em territórios do nordeste do Canadá e Alasca. O animal é descrito como um grande lobo selvagem. Algumas estimativas dizem que o waheela tem mais ou menos 1 metro de altura.

O criptozoologista Ivan Sanderson sugere que o waheela pode representar uma espécie de cães pré-históricos. Ao contrário das outras espécies de lobo, o waheela nunca é visto em bando e prefere andar sozinho ou em grupos de dois ou três animais. Eles vivem em ambientes frios, inóspitos do extremo norte e onde o ambiente não favorece a vida humana.

6 - Yeti

Em 2011, foi revelado que o Departamento de Estado dos EUA emitiu uma série de regulamentos na década de 1950 para as pessoas que viajam para a região para o Himalaia, região do Nepal e Tibete em busca do Yeti. As regras diziam que as expedições deveriam ter licença e, caso visse o animal, deveria ser fotografado ou capturado vivo. "A criatura não deve ser morto ou baleado, exceto em situações de emergência de auto-defesa" dizia o regulamento. Depois, qualquer notícia sobre a existência do Yeti deveria ser apurada pelo governo do Nepal, que queria levar crédito da descoberta.

A história fez manchetes em todo o mundo porque mostrou que os Estados Unidos e outros governos acreditavam que o Yeti existia. Na década de 1950, o interesse pelo Yeti atingiu o pico quando Eric Shipton tirou fotos de uma série de grandes pegadas na neve.

Em 1956, o tenente do exército polaco S?awomir Rawicz publicou um livro intitulado "A Caminhada Longa", no qual ele afirma que durante a travessia do Himalaia, no inverno de 1940, com um grupo de soldados, seu caminho foi bloqueado por horas por dois animais bípedes que estavam se movendo em torno de neve. Será?

7 - Ropen

O ropen é um animal criptogamológico voador que, segundo contam, vive nas proximidades de Papua, Nova Guiné. Eles foram descritos como grandes criaturas sem penas e com caudas longas. O ropen foi dito para se parecer com um enorme morcego ou pterossauro. A partir de 1994, uma série de expedições foram realizadas na ilha Umboi em busca do ropen.

Umboi é uma ilha vulcânica. Depois de investigar a ilha, criptozoologistas voltaram com histórias de uma grande criatura noturna que apresenta bioluminescência e tem uma envergadura de cerca 0,9 a 1,2 metros. O ropen é dito para se alimentar de peixes, mas os relatórios vieram à tona que as criaturas têm realizado roubo de túmulos humano.

E aí, já conhecia todos esses animais sinistros? Comentem!

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens Nv Tv
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+