• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 espécies de animais em que a fêmea é bem mais poderosa que o macho

POR Natália Pereira    EM Mundo Animal      06/04/18 às 16h34

Existem aproximadamente 8,7 milhões de espécies animais em todo o mundo, sendo que, de acordo com informações de 2011, apenas 1,2 milhão delas já foram catalogadas. E, dentre toda essa diversidade, é fácil perceber como cada um desses animais possuem características e comportamentos únicos. Mas, ainda sim, é normal que elas compartilhem certa similaridade. Por exemplo, o processo de hierarquia animal é comumente encontrada.

Mas, se pensarmos em algumas das espécies mais conhecidas e comuns para nós, você acha que saberia identificar qual é o gênero dominante daquela espécie? Mesmo acreditando que sim, a maioria erraria ao tentar responder a essa pergunta ou julgaria que o animal dominante seria o macho. Mas, essa resposta precipitada não corresponde a realidade animal como um todo. Muitas fêmeas, de diferentes espécies animais, se encontram no topo dessa hierarquia e desempenham o papel principal entre o grupo. E essas são algumas delas.

1 - Bonobos

A espécie de primatas e, assim como os chipanzés, a mais parecida com os seres humanos. Ainda sim, ambas possuem algumas diferenças fundamentais entre elas. Enquanto os chipanzés são uma espécie mais agressiva e dominada pelos machos, os bonobos são pacíficos e estão sobre o comando das fêmeas. Além disso, a forma de se resolver problemas entre os bonobos, ao contrario da violência apresentada pelos chipanzés, geralmente está ligada ao sexo. Uma solução de conflitos bem mais amorosa, não acham?

Essa espécie é uma das únicas na natureza que, assim como os humanos, não fazem sexo apenas pela reprodução e sim pelo prazer. Se tornando, consequentemente, mais amorosos, sociais e familiares.

2 - Elefantes

Muitos animais acabam definindo o poder por meio da força mas, ao contrário deles, os elefantes dão mais importância para a experiência. Esses mamíferos são conhecidos por serem sociáveis e inteligentes, e não é por acaso que isso faz com que eles prezem mais pelo 'conhecimento'. A manada de elefantes é guiada pela fêmea mais velha do grupo. Isso porque ela sabe onde encontrar água e são as maiores protetoras dos seus filhotes. Uma única fêmea pode liderar de 8 a 100 elefantes. Além disso, as fêmeas elefantes costumam ter um porte maior do que os demais da espécie.

3 - Lêmures-de-cauda-anelada

Apesar de ambos os gêneros terem o mesmo tamanho e, consequentemente, a mesma disposição a lutar, os 'Lêmures-de-cauda-anelada' são majoritariamente dominados pelas fêmeas. E, apesar do motivo para isso ainda não estar exatamente claro para os especialistas, esta acaba sendo a sua formação principal. Fator que intriga os pesquisadores.

4 - Suricatas

Esses pequenos mamíferos são mais um belo exemplo de espécie matriarcal. As suas colônias são guiadas por suricatas fêmeas. Elas são responsáveis por buscar novas tocas e, além disso, são elas quem disputam por território quando necessário.

5 - Formigas

Para manter o controle e a divisão das tarefas no formigueiro, as formigas seguem aos comandos de sua rainha. Esses insetos são reconhecidos pela sua forma ordenada e desempenho no trabalho e, mais uma vez, utilizam a sociedade matriarcal para isso. As formigas machos costumam ter uma função meramente reprodutiva. Além disso, uma espécie chamada 'Mycocepurus smithii' é composta apenas por fêmeas. Uma evolução permitiu que elas se reproduzissem de forma independente. Desta forma, todas as formigas da colônia são "clones" da rainha.

6 - Abelhas

Assim como as formigas, as abelhas são lideradas pela fêmea. Ou melhor, pela abelha-rainha. Elas trabalham de forma operária para manter a colmeia e seus membros vivos e são um exemplo de formação. E, além disso, a população de abelhas é majoritariamente formada pelas fêmeas. Os machos dessa espécie acabam servindo, na maioria das vezes, apenas para a reprodução e acabam morrendo depois disso.

7 - Orcas

Os grupos de orcas são dominados por fêmeas enquanto transitam entre o oceano. Elas lideram ambos os sexos nessa jornada e são uma espécie conhecida por sua longevidade, vivendo cerca de 90 anos. As orcas fêmeas mais velhas são as responsáveis pelo grupo e são elas quem sabem como encontrar comida. Localizando presas e estabelecendo maneiras de caça para isso.

8 - Hienas

Os grupos de hienas são formados, geralmente, por cerca de 60 animais e são as fêmeas que demandam mais autoridade por lá. Elas são, em geral, maiores e mais agressivas que o macho da espécie. E, por isso, são as primeiras a se alimentarem, ficam com a maior parte da comida e comandam a caça.

Todas essas espécies animais, assim como muitas outras, são dominadas pelas fêmeas e funcionam perfeitamente bem. Essas sociedades animais matriarcais são grandes exemplos e devem ser lembradas por isso. O que acharam? Sabiam que esses animais eram liderados por fêmeas?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+