8 filmes que foram arruinados por péssimos vilões feitos em CGI

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      20/12/17 às 13h02

Atualmente, o cinema se utiliza muito do CGI e dos efeitos especiais para compor os ambientes fantásticos de suas histórias. Desde o começo, os diretores já buscavam formas de colocar em suas obras elementos impossíveis de serem filmados de verdade. Nos primórdios do cinema, George Meliés utilizava grandes cenários feitos a mão e truques de cortar e colar os frames para atingir o resultado final. Já citamos aqui alguns dos filmes que foram salvos por sua pós-produção, mas hoje é dia de mostrar o inverso. Alguns vilões feitos em CGI simplesmente acabaram com os longa metragens.

Pensou que edição era só alegria e resultados positivos? Confira alguns filmes em que o CGI foi um completo desastre!

1 - Abominável (O Incrível Hulk)

Vamos ser sinceros: a luta final do filme O Incrível Hulk é extremamente entediante, já que são apenas dois gigantes de CGI se confrontando e destruindo a cidade. A verdade é que Emil Blonsky antes de sua transformação era um vilão bem mais intimidador.

2 - Lobo da Estepe (Liga da Justiça)

Você acha que o pior CGI de Liga da Justiça foi a retirada do bigode de Superman? Bom, o resultado do Lobo da Estepe não foi lá muito melhor. O resultado não foi convincente e pareceu ter sido feito com bastante pressa. Todo o visual poderia ser alcançado utilizando maquiagem cenográfica, e a única coisa que precisaria ser feita na pós-produção seria a estatura do vilão.

3 - Lagarto (O Espetacular Homem-Aranha)

As texturas e acabamento de Lagarto são ótimas, mas nesse caso o problema foi o design escolhido. A escolha de não ser fiel à anatomia de um animal foi feita para manter a sincronização dos lábios do ator com as falas do personagem. O resultado foi uma aparência quase humana coberta por escamas e um focinho reptiliano.

4 - Incubus (Esquadrão Suicida)

Incubus é tão mal feito que faz Lobo da Estepe parecer uma obra prima. Além do design questionável com listras pretas e amareladas, que o faz parecer uma abelha, o personagem também foi muito mal desenvolvido. Mas o desenvolvimento é um problema frequente em Esquadrão Suicida. Será que daqui uns anos a Warner Bros finalmente vai acertar?

5 - Deacon Frost/La Magra (Blade)

Nem dá para julgar muito Blade, já que o filme foi lançado em 1998. Os efeitos de La Magra utilizando sua super velocidade são até bons para a época, mas quando o CGI começa a mostrar os poderes do personagem a partir do seu sangue. Que vergonha...

6 - Spider Smith (Perdidos no espaço)

Outro filme de 1998 que também possui um CGI deixando a desejar é Perdidos no Espaço. Com os recursos atuais, o resultado seria incrível, mas decidir apostar na pós-produção da época não foi lá uma das melhores escolhas. Talvez tenha sido só para poupar as horas do ator na maquiagem.

7 - Tubarões (Do Fundo do Mar)

Do fundo do mar foi lançado em 1999, e pense bem: se nessa época já era complicado criar algo original (como foi o caso de Blade e Perdidos no espaço), imagine só utilizar o CGI para reproduzir criaturas que existem no mundo real e que as pessoas já têm uma referência de como são. O resultado foi desastroso.

8 - Escorpião Rei (O Retorno da Múmia)

O ator Dwayne Johnson já é intimidador o suficiente sozinho, mas ao acrescentar CGI ao seu personagem em O Retorno da Múmia, o resultado foi ele se tornar uma piada. Como levar a sério esse personagem que o apresenta como meio homem e meio escorpião? Em 2001, a tecnologia não era suficiente para fazer isso de forma satisfatória. Hoje em dia talvez pudesse dar certo.

Qual outro vilão você acha que foi estragado pelo CGI? Conta pra gente nos comentários!

Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+