8 mitos sobre tecnologia em que você ainda acredita

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      13/07/15 às 15h47

Nos últimos anos a tecnologia evolui muito. Para ver isso bem claramente nada como comparar os celulares de dez anos atrás com os de hoje. A mudança é simplesmente inacreditável.

No entanto, apesar dos aparatos terem evoluído, alguns mitos sobre tecnologia em que as pessoas acreditavam há algum temo continuam sendo considerados verdades.

Você acredita, por exemplo, que os MacBooks são imunes a vírus? Se a resposta for sim, você pode estar enganado. Veja esse e outros mitos tecnológicos em que talvez você acredita:

1. É perigoso usar celular em postos de gasolina

celular

Até hoje, muitos estados e cidades proíbem o uso de celulares em postos de gasolina. O motivo para isso é que os celulares teoricamente poderiam provocar algum incêndio ou explosão.

Além de não existir nenhum registro de que isso tenha acontecido, um estudo realizado pela Universidade de Kent, na Inglaterra, apontou que o único motivo pelo qual não se deveria usar o celular em um posto de gasolina é a distração.

De acordo com o pesquisador Adam Burguess, que chefiou a pesquisa, o mito de que os celulares representam perigo surgiu com a explosão da plataforma de exploração de petróleo Piper Alpha, na costa da Escócia, em 1988. Mas nunca houve qualquer evidência de que a causa do acidente tivesse sido um celular. Tudo não passou de suposições.

2. MacBooks são imunes a vírus

mabooj

Durante muito tempo, a  própria Apple afirmou que os MacBooks eram imunes a vírus, mas em junho de 2012 a empresa tirou do ar a página do seu site em que fazia a afirmação.

A razão para isso? Um malware do tipo cavalo de Tróia afetou milhares de computadores Mac. Parece que a história de imunidade não era tão verdadeira assim.

3. Mais megapixels significa uma câmera melhor

câmera

Muitos fabricantes gostam de destacar o número de pixels que a câmera tem, como se mais pixels significasse uma melhor qualidade da câmera.

Mas não é exatamente assim, há outros fatores que podem interferir na qualidade das fotos, como o tamanho e a tecnologia do sensor de imagem, a qualidade das lentes, a presença de um mecanismo redutor de vibrações e o software que processa a imagem.

4. Esvaziar a lixeira apaga permanentemente os dados

esvaziar

Muita gente acredita que ao esvaziar a lixeira do seu PC apaga os dados permanentemente. Mas não é bem assim.  Isso porque os documentos não são exatamente apagados, eles apenas deixam de ser visíveis para o sistema operacional.

Alguns programas como o Recuva, conseguem recuperar arquivos que foram apagados da lixeira. Além disso, há até empresas especializadas nesse tipo de serviço.

5. Alta resolução é sinônimo de tela melhor

tela

A ideia de que uma resolução maior significa uma tela melhor é verdade até certo ponto. Vários estudos mostram que o olho humano não consegue perceber nenhuma melhora em resoluções acima de  300 pixels.

6. Smartphones provocam câncer no cérebro

cérebro

Apesar de ser uma ideia bastante difundida, não existem evidências científicas de que os smartphones podem causar câncer no cérebro.

Os celulares emitirem sim radiação eletromagnética e ela realmente pode ser absorvida pelos tecidos humanos, mas essa radiação é de baixa intensidade. Logo, ela não é nociva ao ser humano.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos, existem vários estudos que mostraram que a energia de radiofrequência não causa câncer.

7. Games violentos geram violência

games

Um estudo realizado pelo British Medical Journal apontou que os videogames não exercem nenhum efeito negativo nas características pessoais das crianças. Ou seja, eles não levam à violência e também não desencadeiam o desenvolvimento de doenças emocionais.

A pesquisa foi feita entre os anos de 2003 e 2013 com 11 mil crianças com idade a partir dos cincos anos. Elas foram submetidas a testes de exposição diária a televisores e outros dispositivos de entretenimento, como o videogame.

8. A Apple inventou o tablet

tablet

Muita gente acredita que foi a Apple que inventou o tablet, no entanto o primeiro dispositivo desse tipo foi criado por Jeff Hawkins em 1989.

Na época, ele não se chamava tablet, mas GRiDPad e rodava o sistema operacional Microsoft MS-DOS 3.3. Quando foi criado custava cerca de 3 mil dólares nos Estados Unidos.

Depois dele, veio toda uma geração de tablets que rodavam Windows XP Tablet PC Edition, mas eles eram grandes e pouco práticos. O iPad, lançado em 2010, trouxe aperfeiçoamentos importantes que finalmente fizeram essa categoria de produtos se tornar bem sucedida.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+