• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 realidades que as lésbicas adorariam que o resto do mundo soubesse

POR Karen Batista    EM Entretenimento      08/04/16 às 17h18

Pois bem, por mais liberal que o mundo esteja aos poucos se tornando, muitas são as coisas que ainda precisam sem explicadas, colocadas na mesa, porque ainda tem muita gente que parece que não entendeu, ou nem mesmo tem o interesse de entender.

Mas visto que estamos presos, aqui nesse mundo redondo, e que ninguém vai poder fugir daqui assim, de qualquer jeito, vamos falar sobre as 8 realidades que toda lésbica adoraria que o mundo soubesse. E já que o assunto é esse, confira também quais são as 6 coisas que os casais héteros podem aprender com os gays.

Agora sim, confira!

1- A primeira coisa que todos deveriam entender, é que não! Não estamos passando por uma fase.

01

Por algum motivo, esse discurso ainda é bastante comum nos dias de hoje. Interpretar a orientação sexual de alguém como uma questão de fase ou momento, é negligenciar a sua personalidade e escolhas. Tudo bem, que muitas das vezes é comum que algumas pessoas testem o que acham que devem, mas mesmo nessas situações, não podemos considerar uma fase, mas uma descoberta.

2- Os filmes adultos desse segmento não foram feitos para nós, eles foram feitos para saciar um fetiche masculino

02

Bom, isso não era segredo para ninguém, e obviamente uma indústria monopolizada pelos homens, produziria conteúdo também para esse público. Mas chega a ser cômico, não? A maneira como as lésbicas são sensualizadas não segue a linha verdadeira da excitação gay, e sim transveste mulheres heterossexuais que aparentemente estão dispostas a saciar os fetiches masculinos.

3- Sim, é possível "chegar lá" sem nenhuma penetração

03

Sim é possível, mas nada, absolutamente nada deve ser tomado como regra, afinal estamos falando de comportamento humano, ou seja estamos abordando um conceito social, que definitivamente não é uma área exata. Por isso mesmo, também podemos afirmar (e revelar), que lésbicas podem sim, se satisfazer com penetração, ou sem, ou de ambos os jeitos.

4- Não somos traumatizadas e nem mesmo fomos rejeitas pelos homens, apenas não sentimos nenhuma atração pelo sexo oposto

04

Talvez essa seja uma das piores concepções sobre nós, ser homo ou hétero não está relacionado com as suas experiencias, até porque ninguém "vira" nada. As pessoas são engraçadas, são tímidas, são gays e por aí vai. E não a nada mais repulsivo do que ter que escutar: Haa você é lésbica? Isso é porque você não encontrou o homem certo... Bom, segundo a lógica do seu argumento, eu posso deduzir que você só se envolve com mulheres porque ainda não encontrou o cara certo?

5- Se estamos em um relacionamento, ele é sério como qualquer outro

05

Por algum motivo inexplicado, muitas pessoas não conseguem entender que um relacionamento fechado, será sempre um relacionamento fechado, independente do seu gênero, orientação sexual, idade ou o que for.

6- Não é preciso existir um homem na relação, muito menos venha nos perguntar sobre quem é o ativo e a passiva, isso pode muito bem nem existir

07

Tudo bem, é compreensível, que pessoas criadas dentro de uma concepção e padrão social, tenham uma certa dificuldade de compreender o que é diferente daquilo.

E é por isso, que existe esse tipo de pensamento, no qual as pessoas necessariamente tentam encaixar as pessoas dentro de um papel. Então, quem é o homem da relação? Mas quem é o ativo? Se vocês tiverem ou adotarem uma criança, quem será a mãe? Bom, não precisamos dizer mais nada não é mesmo?

7- Não é porque você é lésbica que necessariamente você deve se vestir e se comportar como um homem

08

Mais uma vez, não acreditem es esteriótipos. É super possível uma mulher lésbica se sentir feminina, e não há nada de anormal nisso. E o contrário também é verdadeiro, se a questão for o oposto disso, que problema há nisso? Também é comum que algumas lésbicas se sintam mais confortáveis com roupas ou com o estilo que se assemelha ao masculino. A realidade é que cada ser humano tem os seus desejos, personalidade e manias, independente de qualquer outro fator.

8- Não existe regras ou padrões, apenas pessoas que decidiram se relacionar, então não se baseie em estereótipos ou generalizações

06

Talvez esse tópico seja o que nós mais martelamos. E sem dúvida ele é o mais importante deles. Não se apegue a regras e muito menos aos padrões, porque como vocês já perceberam eles falham, eles não se encaixam a todas as pessoas ou seja, você simplesmente estará enganado.

E então queridos leitores da Fatos, conseguiram  entender um pouquinho mais sobre o universo dessas mulheres? Acha que mais algum outra coisa se encaixaria bem nessa lista? Conta pra gente aqui em baixo nos comentários.

 

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Karen Batista
Tenho gostos de uma idosa que foi jovem na década de 70, me segue no Instagram, @karenbatis, prometo ser mais legal por lá do que sou na vida real. Beijos :)
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+