Curiosidades

8 segredos ocultos nos quadros mais famosos do mundo

0

A arte é talvez uma das poucas coisas que motiva a humanidade, à parte de suas guerras e disputas, a preservar objetos que remontam a memória. Esse é o motivo do preço absurdo de telas e esculturas famosas, mas, além do mundo das galerias de arte, existem bens inestimáveis, como o Cristo Redentor, a muralha da China ou o Big Ben, por exemplo. São níveis completamente diferentes para comparação.

O que poucas pessoas sabem é que existem alguns detalhes ocultos em muitas obras de arte que estão espalhadas pelo planeta.

‘O jardim das Delícias Terrenas’

50

Existe uma partitura musical que passou despercebida em ‘O jardim das Delícias Terrenas’ de Hieronymus Bosch. Em 2014 foi descoberto a partitura musical escrita em um dos personagens no painel da direita, chamado ‘Inferno Musical’. As notas do século XVI, estavam estampadas na nádega de um dos torturados.

Monalisa pelada

51

Existem duas versões do famoso quadro de Leonardo da Vinci. A versão nua, chamada ‘Monna Vanna’, foi realizada por Andrea Salaí, discípulo e assistente do grande Leonardo da Vinci. Muitos críticos acreditam que na verdade ele foi o modelo para as pinturas de Leonardo “João Batista” e “Baco”. Alguns até sugerem que Salai, vestido de mulher, foi o modelo para a própria Mona Lisa.

A última ceia

52

Um jovem de um coral foi usado como modelo para representar Jesus na pintura. Para representar Judas, Leonardo usou um bêbado que encontrou na rua. O que ele ficou sabendo depois é que o bêbado já havia sido modelo dele em outro quadro mas representando a figura de Jesus.

“American Gothic”

59

Feito por Grant Wood, em 1930, é considerado um dos quadros mais estranhos e opressivos da história da pintura estadunidense. O quadro, com um pai e uma filha é sombrio, e preenchido com detalhes que indicam o rigor e puritanismo da época.

Entretanto não era essa a mensagem que o pintor queria passar. As pessoas no quadro eram seu dentista e sua irmã e ele queria mostrar a arte gótica da construção ao fundo deles.

“A Ronda Noturna” ou “A Ronda diurna”?

53

O quadro de Rembrandt é conhecido como ‘A ronda da noite’, devido as figuras aparecem em um fundo escuro. No entanto, uma restauração de 1947 mostrou que a ronda noturna era na verdade diurna. A imagem estava coberta com uma camada de fuligem que foi capaz de distorcer toda a cena.

Autoretrato de Van Gogh

54

Existe um erro na pintura. A orelha enfaixada era a esquerda e não a direita. Entretanto, ele fez a pintura olhando no espelho, o que causou a confusão.

Manet ou Monet?

57 58

Muitos confundem Edouard Manet e Claude Monet. Ambos eram franceses, viveram na mesma época e trabalharam no mesmo movimento artístico , o impressionismo. Os dois também fizeram uma pintura com a mesma temática, o “almoça na Relva”.

O velho pescador

55

‘O velho pescador’, do húngaro Tivadar Kosztka Csontváry tem um lado bizarro revelado somente após a morte do autor. Um espelho colocado no meio da tela mostra duas faces diferentes: Deus (se o ombro direito do velho é refletido) e do diabo (quando se reflete o ombro esquerdo).
1

Os 6 bugs mais comuns do cérebro humano

Matéria anterior

18 fatos que vão mudar a forma como você enxerga o mundo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não permitidos.

Mais em Curiosidades

Você pode gostar