• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 tipos diferentes de picadas e como identificá-las

POR Natália Pereira    EM Natureza      05/04/18 às 15h53

As pessoas são picadas constantemente e, além da situação incômoda causada pela coceira, elas podem ser perigosas. Por isso, é sempre bom saber identificá-las para saber melhor com o que está lidando e, consequentemente, como tratá-las. Mas, apesar de você provavelmente já ter percebido que existem diversas marcas diferentes, causadas pelas picadas, é bem possível que você não saiba a que inseto cada uma delas pertence.

Acontece que cada um deles possuí um tipo específico de picada e, por isso, a marca deixada por eles também é diferente. E, o mais perigoso quando se é mordido por um inseto é que, além da evidência física deixada por ele e da coceira típica, eles podem transmitir doenças perigosas para o humano. Por isso, resolvemos montar um guia para que você possa identificar melhor qual foi o inseto que te picou dá próxima vez que isso acontecer.

1 - Mosquito

A picada de mosquito é a mais comum e todos acabam sendo atacados por eles constantemente. Por isso, sua marca também é a mais conhecida. Ela consiste em uma protuberância ou pequena elevação, podendo ser avermelhada. Se você sentir dor nas articulações, febre e perceber glândulas inchadas é melhor procurar um médico, o mosquito pode estar infectado. Fora isso, não tem que se preocupar.

2 - Pulga

As picadas de pulga costumam ser feitas em conjunto, com 3 ou 4 marcas próximas. E, em geral, elas são vermelhas e altas, como se formassem um pequeno arco com um ponto no meio. Nesses casos, para evitar uma infecção, é bom evitar coçar a região e passar uma pomada de calamina.

3 - Percevejo

A picada do percevejo pode variar de pessoa para pessoa, sendo que cada um reage de uma forma um pouco diferente a ela. E, enquanto alguns nem notam que foram atingidos, aqueles com alergia a ele podem acabar tendo erupções cutâneas severas. E, caso você seja alérgico a eles, é bom tomar um cuidado melhor. Nestes casos, a sua picada pode causar bolhas, inchaço e inflamações, além da coceira. Para fazer com que a reação passe basta lavar com água e sabão. Mas, caso seja mais grave, você pode acabar tendo que tomar um anti-inflamatório ou um anti-histamínico, mas garanta que isso é necessário antes.

4 - Aranha

As aranhas, em geral são inofensível. Mas é claro que isso não se aplica as grandes Viúvas-negras ou as Loxosceles, por exemplo. E, caso seja pocado por uma aranha "comum", a marca deixada por ela sera de dois pontos vermelhos  e laterais um ao outro. A marca é conhecida também como Equimose e os dois pontos representam o local da mordida. Neste caso, lave a região com água e sabão e coloque gelo por um tempo.

5 - Carrapato

Se você tem algum animal em casa, uma picada de carrapato pode se tornar ainda mais possível. E, na verdade, elas podem ser bem perigosas por transmitirem uma série de doenças, como a febre hemorrágica da Crimeia-Congo e a doença de Lyme. Quando se trata dos carrapatos, eles provavelmente permanecerão grudados na sua pele para continuar sugando o seu sangue e você acabará sabendo do que se trata quando vir. Mas, se ele não estiver mais no local, poderá perceber uma mancha evidentemente vermelha, seguida por uma mais dissipada e rosada.

6 - Formiga

Apesar da maioria das formigas não representarem risco aos humanos, algumas espécies como a formiga-de-fogo são venenosas. A toxina dessa espécie pode gerar uma alergia forte e até um choque anafilático. Mas, caso este não seja o seu caso, elas são bem parecidas com a dos mosquitos, com uma protuberância e uma possível vermelhidão. Mas, além da coceira, ela proporciona uma ardência no momento da picada. Algumas marcas podem apresentar uma bolha amarelada no meio.

7 - Vespas ou abelhas

Além de ser bem dolorosa em alguns casos, a picada desses insetos não são tão difíceis de se identificar. A sua marca é composta por um ponto vermelho no centro com uma área avermelhada ou inchada ao redor. Podendo conter o ferrão do inseto ainda preso em sua pele, o que, neste caso, deve ser retirado. O maior problema nessa situação é que muitas pessoas são alérgicas ao veneno destes insetos e, se você for um deles, deve procurar o médico.

8 - Piolho

Pequenos pontos vermelhos na pele podem indicar a presença de piolhos na região. Caso o local onde você encontrou a marca tenha muitos pelos você está lidando, provavelmente, com um piolho comum. Mas, caso elas apareçam também em outras áreas do corpo o caso é um pouco diferente. Além disso, é bom lembrar que o piolho pode transmitir doenças como o tifo e a febre das trincheiras e, por isso, você deve tomar cuidado.

E aí, quais desses insetos já picaram você? Sabia diferenciar uma da outra? Esperamos ter ajudado, saber essa diferença pode ser bem importante em alguns momentos.

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+