• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

9 maneiras estranhas de viver depois da morte

POR Thamyris Fernandes    EM Curiosidades      09/09/14 às 20h26

Quem tem medo de morrer? Mesmo que muita gente diga ser indiferente a essa pergunta, a verdade é que lá no fundo o destino desconhecido das pessoas que partem dessa vida pode dar um gelo "daqueles" na barriga (veja aqui o que as pessoas sentem antes de morrer). Mas, enquanto não dá para saber o que acontece com nossa essência, há quem ande se preocupando em fazer a diferença na hora de "dar um jeito" no corpo físico.

Por mais mórbido e bizarro que pareça, na lista abaixo você vai conhecer algumas das opções mais incomuns que as pessoas encontram para esse momento final. Veja as formas como esse pessoal encontrou para viver depois da morte:

1. Virar um disco de frisbee

1

Nem todo mundo sabe, mas o cara considerado o "pai" do Disc Golf ou frisbee se chamava Ed Headrick. Quando ele morreu, em 2002, seu corpo foi cremado e as cinzas foram misturadas com plástico para fazer os discos frisbees. Os objetos, então, foram dados como recordação para amigos e familiares. Meio mórbido, não?

2. Virar diamante

2

Sabia que a mãe natureza não é a única responsável pela fabricação de diamantes? Esses minérios valiosíssimos também pode ser obras de laboratórios, feitos a partir de qualquer fonte de carbono, como cinzas humanas ou um fio de cabelo. Essas versões "manufaturadas" dos diamantes, claro, não são tão valiosas quanto os naturais, mas são bonitas o suficiente para se tornarem bijuterias. Fica a dica.

3. Virar fogos de artifício

3

Se você for uma pessoa festiva e gostar de espetáculos de luzes, que tal pedir aos seus parentes para virar os fogos de artifício do próximo Reveillón? Parece curtição, mas isso é mesmo possível e tem gente excêntrica por aí que considera a possibilidade. Para que a transformação seja possível, é preciso misturar as cinzas do morto ao material dos fogos.

4. Virar uma estátua

4

Jeremy Bentham, um filósofo, achava que enterrar humanos era um desperdício. Ele que também sacava de taxidermia (ou "empalhamento") pediu para que fosse preservado como uma estátua quando morresse. Seu último desejo foi cumprido quando o homem partiu dessa para melhor, em 1832.

Hoje em dia, seu corpo está na University College London, Inglaterra, e foi levado algumas vezes a reuniões. Sua participação nessas ocasiões, por mais bizarro que possa parecer, é declarada nas atas da universidade como "presente, mas não votando".

5. Virar munição

5

Quem gosta de aventuras, pode - simplesmente - participar de pelo menos mais uma caçada depois da morte, se tornando munição de arma de fogo. Um caso assim aconteceu em 2004, quando um especialista em espingardas foi cremado e suas cinzas, usadas em 300 cartuchos. Antes da viúva e dos amigos do casal irem à caça, os cartuchos foram abençoados por um vigário.

6. Encadernar um livro

6

Ok, essa aqui não é uma opção viável, mas é para você saber que existiram casos assim. Isso porque, no século 17, inúmeros livros chegaram a ser encadernados com pele humana. A prática era tão costumeira na época que recebeu até nome: bibliopegia antropodérmica. Mas se tratava mais de um castigo, destinado aos criminosos e revoltosos.

7. Decorar uma construção

7

Já pensou em virar artigo de decoração depois da morte? As pessoas que tiveram seus ossos expostos no Ossuário de Sedlac, na República Tcheca, provavelmente nunca conceberam essa ideia também. Mas como morto não tem vontade, milhares de crânios e ossos humanos serviram para cobrir as paredes e o teto desse lugar.

8. Virar vidro

8

E que tal se tornar vidro depois de morrer? Essa é uma opção mais barata que se tornar diamante, apesar dos processos de fabricação serem bem parecidos, a partir das cinzas.

9. Virar um disco de vinil

9

E tem opção mais charmosa para depois da morte que se tornar um disco de vinil? O site andvinyly.com oferece essa serviço nada comum pela bagatela de 3 mil libras, cerca de 10 mil reais. Conforme explicam, as cinzas de uma só pessoa pode se tornar 30 discos com sua música favorita ou com uma mensagem de voz.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+