• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Aranhas invadem cidade grega e ocupam mais de 300 metros

POR Leticia Rocha    EM Natureza      20/09/18 às 19h50

Uma cidade da Grécia está passando por uma espécie de surto de aranhas. Os aracnídeos tomaram conta de toda a cidade. São cerca de 300 metros de campos que estão cobertos com a teia. Tetragnatha é a espécie das responsáveis pelo revestimento de teia.

Essas aranhas são comumente encontradas próximas aos lagos. Algumas delas conseguem até andar sobre as águas. O formato do corpo dessa espécie é diferente daquela que conhecemos. É mais longilíneo e por isso elas são conhecidas também como aranhas de estiramento, devido a sua forma corporal.

Mas o que explica esse fenômeno?

A cidade de Aitoliko, na Grécia, teve uma longa extensão da cidade tomada pelas aranhas e suas teias. Elas cobrem até mesmo os arbustos das árvores. No entanto, não é preciso entrar em pânico, além de inofensivas à saúde humana, as aranhas só estão dando uma "festa".

Isso porque a região é o habitat ideal para seu desenvolvimento. Há alimentos em abundância, altas temperaturas e umidade suficiente. São as condições perfeitas para o desenvolvimento da espécie e elas estão usufruindo da melhor forma que podem.

Outro ponto que pode ser positivo, no meio dessa explosão populacional de aranhas, é que elas são predadoras de mosquitos. Ao menos agora, os moradores não precisarão se preocupar com os mosquitos. Aliás, não há com o que se preocupar já que o fenômeno relativamente comum, pode ocorrer a cada 2 anos.

Outro caso parecido

Em 2015, o mesmo fenômeno ocorreu, dessa vez em Dallas, no Texas. A área ocupada pelas teias de aranha teria o comprimento de um campo de futebol. As longas teias são criadas em conjunto, com o intuito de capturar um maior número de presas.

Assim como na Grécia, o fenômeno também assustou os moradores, que não conheciam a espécie. O fato ocorreu pelo mesmo motivo, as ótimas condições de crescimento e desenvolvimento da espécie estavam reunidas no local.

Apesar do susto que isso causa nos moradores locais, não há com o que se preocupar. E eles até podem aproveitar as teias para uma comemoração de Halloween, porque não?

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+