Entretenimento

Artista de SC faz sucesso com esculturas realistas em miniatura

0

Escultura é um tipo de arte que representa ou ilustra imagens plásticas em relevo total ou parcial. Ela é considerada a quarta das artes plásticas. Existem várias técnicas para se fazer essas obras e trabalhar com os mais variados tipos de material. As esculturas podem ser feitas de materiais mais perenes, como o bronze ou o mármore. Mas também podem ser feitas com materiais mais fáceis, como a argila, cera ou madeira.

Recentemente, o artista catarinense João Doce, de 25 anos, está fazendo bastante sucesso nas redes sociais com suas esculturas. Ele faz esculturas realistas em miniatura dos mais variados temas, indo de desenhos animados a personalidades famosas.

O artista é natural de Florianópolis e com todo seu sucesso já é acompanhado por mais de três milhões de seguidores no TikTok. As últimas esculturas feitas por ele foram da princesa Diana e do cantor Justin Bieber.

Esculturas

@joaodoce

Esse foi o mais difícil, mas tentei 🔥🦇 #eddiemunson #eddie #strangerthings #strangerthings4 #netflix

♬ Master of Puppets – Metallica

No último sábado, João fez sua homenagem à rainha Elizabeth II. O vídeo dele fazendo a miniatura da monarca tinha mais de 14 milhões de visualizações, 814 mil curtidas e 6.788 comentários.

As esculturas são feitas em polimer clay, e em seus vídeos o artista filma as etapas de produção e as compartilha em suas redes sociais. O trabalho é feito com palito de dente, tintas, facas pequenas e um tablet.

Segundo o artista, entre todos os seus trabalhos, um dos mais marcantes é uma escultura de Marília Mendonça. Ela foi feita em homenagem à rainha da sofrência depois do seu falecimento. Além dessa, João também se emocionou com uma escultura feita para Paulo Gustavo e que foi entregue ao comediante ainda em vida na estreia de “Minha Mãe é uma Peça”, no Rio de Janeiro.

Artista

NSC total

O primeiro contato de João com as esculturas aconteceu quando ele tinha sete anos quando começou a acompanhar sua mãe, que era professora em cursos de biscuit em Palhoça, na Grande Florianópolis.

“Quando eu era criança, eu já fazia e saía pra vender na rua. Eu fazia várias peças e saía de casa em casa, vendendo. Eu levava tudo para a casa da minha avó, que fica em São José, e saía no centro vendendo pecinhas de biscuit. Fazia ponteira de lápis, chaveiro, potinho”, contou.

Com o passar do tempo, o artista continuou se especializando e com isso algumas mudanças foram acontecendo. Do biscuit, as esculturas de João passaram a ser feitas com polimer clay, que é um material que é moldado e, depois de assado se parece com o material que a boneca Barbie é feita.

O artista vendia esculturas, bolos e outras artes sob encomenda. E foi em 2021 que aconteceu a “virada de chave” no trabalho dele nas redes sociais. Nesse ano, um vídeo em que João mostrava a montagem do personagem Lucca viralizou nas redes sociais. A publicação tem 45,8 milhões de visualizações.

Atualmente, o artista diz que sua renda vem totalmente dos trabalhos produzidos na internet. Contudo, boa parte dos clientes dele são de fora do país. De acordo com ele, raramente as empresas brasileiras se mostram interessadas em contratar seu trabalho.

Obras estranhas

Quora

As esculturas podem ser usadas para representar qualquer coisa, ou até mesmo nada. Mas, tradicionalmente, o objetivo maior das esculturas é representar o corpo humano ou então uma divindade em forma antropomórfica.

Ideais criativos se misturam com a arte do cotidiano de diversas partes do mundo. Seja na água, no chão ou até em paredes, as esculturas chamam atenção de qualquer pessoa que não as conheça, e até mesmo das que já são familiarizadas com elas. Ao redor do mundo existem várias esculturas bizarras.

Como por exemplo, essa escultura de um garfo gigante que fica em Vevei, na Suíça. O garfo gigante de aço, chamado La Fourchette, pesa oito toneladas e tem oito metros de altura. A obra de 1995 é do artista suíço Jean-Pierre Zaugg. Ela foi construída para comemorar os 10 anos de um museu dedicado a temas alimentícios que fica na cidade.

E esculturas nem sempre precisam ficar em museus ou em alguma praça. Esse tubarão de 200 quilos e sete metros de altura está no telhado da casa de Bil Heinne, em Oxford.

O homem encomendou a escultura, nomeada originalmente “Untitled 1986”, para representar a sensação de impotência que está associada com acidentes nucleares. E desde 2018 essa casa pode ser alugada através do AirBnB.

Fonte: G1

Imagens: TikTok, Quora, NSC total

Catadora de recicláveis e influencer digital viraliza com vídeos de “achados” no lixo

Artigo anterior

Fã do Thor, brasileiro ensina jiu-jítsu para filhos de Chris Hemsworth

Próximo artigo