Astrônomos descobrem 5 novos buracos negros

POR Eduardo Coelho    EM Ciência e Tecnologia      08/07/15 às 15h01

 

O universo não se resume a nossa Via-Lactea, e disso já estamos cansados de saber. Mas o que será que andam descobrindo a respeito de nossas vizinhas? E das mais distantes?

Uma coisa é certeza, somos meros grãos de areia em meio a um deserto, metaforicamente, se formos parar para pensarmos na grandeza que o universo é, e na gama de descobertas que o permeiam e que constatam ainda mais que esse tamanho e essa diversidade ainda estão cheios de mistérios.

Abaixo iremos contar pra vocês uma descoberta preocupante, pelo menos pros possíveis ETs que devem viver por lá sim. Quer saber? Então fique de olho que logo abaixo você vai entender. Confira:

 

Astrônomos da Universidade de Durham, localizada no Reino Unido, descobriram cinco buracos negros de tamanhos colossais no centro de galáxias distantes. Segundo os pesquisadores, essa nova descoberta, reforça a teoria de que existe a probabilidade de existir milhares de outros buracos semelhantes a esses no restante do universo.

Os buracos segundo a Sociedade Astronômica Real, considerados supermaciços, ou seja, são mais luminosos e mais ativos do que se imaginava, emitindo incidentemente uma grande quantidade de raio-x.

giphy

A descoberta só foi possibilitada pelo satélite NuSTAR, da Nasa, que basicamente é um telescópio espacial de raio-X com a funcionalidade voltada exatamente para buscar os buracos negros das demais galáxias. O satélite mirou em nove áreas de grande incidência de raio-x supermaciços, sendo então constatado em cinco dessas direções, a presença de buracos negros.

Estima-se que os buracos negros descobertos, sejam bem maiores, a nível de potencialidade em milhões de vezes, do que o nosso conhecido "sol" por exemplo, agora pense no baita estrago que esses meninos fariam se começarem a engolir essas galáxias do centro para fora?

Isso gera um efeito em cadeia já que os buracos negros se alimentam de qualquer tipo de massa, até mesmo da própria luz, aumentando seu tamanho progressivamente.

 

Já pensou?

8Y0LVXh

 

Eduardo Coelho
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+