Curiosidades

Bebê nasceu com anticorpos contra o coronavírus na Espanha

0

pandemia do coronavírus já dura quase um ano e ainda deixa todas as pessoas bastante assustadas e surpresas. O COVID-19 surgiu em Wuhan, na China. E por causa de sua intensidade e capacidade de matar as pessoas, o mundo todo está passando por uma situação bastante delicada. E assim, continua em estado de alerta. Governos do mundo todo tomaram medidas, para proteger seus cidadãos e evitar um contágio ainda maior. Muitos permanecem com elas.

E com a urgência de tentar conter o mais rápido possível a pandemia, laboratórios do mundo inteiro estão se mobilizando, em busca de uma vacina eficaz contra a Covid-19.

A pandemia já causou várias mudanças ao redor do globo. Sejam positivas como as melhorias de algumas paisagens e qualidade de vida de alguns animais, ou então na rapidez e eficácia na procura e produção de vacinas, ou então negativas como os prejuízos de vários setores da economia.

E claro que esse surto de COVID-19 também impactou os humanos e fez com que nós tivéssemos que nos adaptar ao novo mundo. Sabemos que uma das maiores qualidades dos humanos é a adaptabilidade. Mas em alguns casos, nós mesmos nos surpreendemos.

Bebê

Como por exemplo, o caso desse bebê, nascido na Espanha, que teve anticorpos contra o novo coronavírus detectados em um teste sorológico.

Anticorpos são proteínas que o próprio corpo humano produz e que são capazes de reconhecer e neutralizar microrganismos, como por exemplo vírus e bactérias. Eles são produzidos pelos linfócitos B, que são células do sistema imunológico. E são eles que lutam contra os invasores do nosso corpo, como é o caso do novo coronavírus.

E de acordo com a imprensa espanhola, o recém-nascido chegou a testar positivo para o COVID-19 no primeiro teste PCR, que é o teste rápido. Mas em um segundo exame de sangue o resultado foi negativo.

Depois das 48 horas que tem que, por protocolo, serem esperadas para que um novo teste PCR seja feito, os médicos fizeram um novo teste no bebê. E o resultado foi negativo. Isso leva os médicos a acreditarem que o  bebê pode ter adquirido seus anticorpos através da placenta da sua mãe.

Caso

Essa é a hipótese mais aceita pelo hospital. Até porque, recém-nascidos não conseguem gerar por si só a imunidade que precisam contra o COVID-19.

A mãe desse bebê tinha testado positivo quando ela deu a entrada no hospital. Isso reforça ainda mais a tese de que os anticorpos foram transferidos da mãe para o filho.

No entanto, existe ainda a possibilidade da transferência  no parto. Isso pode fazer com que o bebê teste positivo para a presença do vírus. Segundo a Sociedade Espanhola de Neonatologia, esse caso que aconteceu é muito raro e ainda será investigado pelos cientistas.

Os morcegos vampiros praticam distanciamento social quando se sentem doentes

Matéria anterior

10 efeitos da falta e excesso de sol na nossa saúde

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos