CuriosidadesMundo Animal

Os morcegos vampiros praticam distanciamento social quando se sentem doentes

0

O mundo animal é algo fascinante e amplo. Mas não são todos os animais que são queridos pelas pessoas. Alguns costumam ficar à margem por não serem considerados tão bonitos, por serem perigosos ou simplesmente assustar as pessoas. Como por exemplo os morcegos. Eles são animais misteriosos, com hábitos noturnos, úmidos e escuros e carregam um ar sombrio. Inclusive muitas lendas e histórias fazem do morcego um personagem assustador.

Mas os morcegos, na verdade, são animais espetaculares. Eles são os únicos mamíferos voadores e existem mais de 1,3 mil espécies de morcegos. O que quer dizer que quase 25% de todas as espécies de mamíferos do mundo são morcegos.

Além disso, eles são importantes polinizadores e controladores de pragas. E quando eles estão se sentindo mal, de acordo com o mostrado por uma nova pesquisa, eles tem uma forma natural de comportamento de distanciamento social.

Morcegos

Nesse estudo, um grupo de cientistas marcaram um grupo de morcegos vampiros selvagens de uma colônia em Lamanai, em Belize. Eles então rastrearam os encontros sociais dos animais a cada poucos segundos durante alguns dias.

E quando eles injetaram nos morcegos uma substância que ativava o sistema imunológico deles, os morcegos “doentes” mudavam seu comportamento, ficando mesos sociais.

“Na selva, observamos que os morcegos vampiros, que são animais altamente sociais, mantêm distância quando estão doentes ou vivem com companheiros de grupo doentes. E pode-se esperar que eles reduzam a propagação de doenças como resultado”, explicou Simon Ripperger, pesquisador de morcegos da Universidade Estadual de Ohio.

Esse mesmo grupo de pesquisadores já tinha feito trabalhos anteriores que mostravam que, em cativeiro, os morcegos doentes dormiam mais, se moviam menos, ficavam menos tempo cuidando de outros morcegos e se tornavam menos sociais. Os pesquisadores chamaram isso de “comportamento doentio”.

“Nós realmente queríamos ver se essas mudanças comportamentais também ocorrem em um ambiente natural onde os morcegos estão dentro de seu ambiente natural social e físico”, disse Ripperger.

Além disso, coletar os dados a respeito das interações sociais entre os morcegos também seria útil para que eles previssem como esse comportamento pode diminuir a propagação de doença nos morcegos. Assim como o distanciamento  social faz com os humanos.

Estudo

Então os  pesquisadores  analisaram os dados de  um grupo de 31 morcegos vampiros comuns que foram brevemente capturados. Eles eram nativos da América Latina e faziam parte de uma colônia que estava empoleirada dentro de uma árvore oca.

Aleatoriamente, 16 morcegos fêmeas foram injetados  com uma substância  para ativar  seu sistema imunológico. Isso fez com que eles se sentissem mal durante algumas horas, mas não causou nenhum doença real. E outros 15 morcegos receberam injeção de água salgada como um placebo.

Também foram colocados nos animais sensores minúsculos nas costas dos animais. “Os sensores nos deram a oportunidade de rastrear automaticamente o comportamento de todo um grupo social, em vez de indivíduos de amostra focal de cada vez, o que normalmente se faz em um ambiente de laboratório. Foi um grande passo em frente”, disse Ripperger.

“Nós nos concentramos em três medidas de comportamento dos morcegos doentes: quantos outros morcegos eles encontraram, quanto tempo total eles passaram com outros e quão bem conectados eles estavam com toda a rede social”, disse o ecologista comportamental Gerald Carter do The Universidade Estadual de Ohio.

Observações

A análise da rede mostrou que os morcegos “doentes” ficavam realmente menos conectados socialmente com os outros animais que estavam saudáveis.

E como era esperado, depois de  48 horas, quando o efeito passou e os morcegos já estavam se sentindo  melhores eles voltaram a ter seu comportamento social.

“Foi incrível que o efeito fosse tão claramente visível. Mesmo sem uma análise estatística complicada, você viu diretamente o que está acontecendo simplesmente olhando para as redes sociais”,disse Ripperger.

7 vezes que a Turma da Mônica recebeu famosos em seus gibis

Matéria anterior

Bebê nasceu com anticorpos contra o coronavírus na Espanha

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos