Bill Gates acredita que uma nova doença está chegando e pode matar 30 milhões de pessoas em 6 meses

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      07/05/18 às 16h38

O mundo está passando por mudanças a todo o momento. Muitas delas extremamente negativas e que podem danificar de certa forma a humanidade. O surgimento de uma nova doença é um ótimo exemplo e isso assusta até mesmo as pessoas mais ricas. Mesmo as que possuam dinheiro para lidar com qualquer tratamento.

Um deles é Bill Gates, o grande fundador da Microsoft. O empresário alertou recentemente o fato de que o mundo está despreparado para combater algumas doenças com o potencial de se espalhar rapidamente. Ele teme que uma epidemia possa causar mortes em massa em um curto tempo. Durante um debate sobre epidemias como um todo, promovido pela Massachusetts Medical Society e pelo New England Journal of Medicine, o fundador da empresa deu um depoimento preocupante.

Gates teme uma epidemia parecida com a da "gripe espanhola". Ele diz que essa poderia matar até 30 milhões de pessoas em apenas seis meses. Para quem não sabe, a gripe espanhola dizimou 50 milhões de pessoas em 1918. Segundo ele "se há algo que aprendemos com a história, é que uma nova doença mortal vai aparecer e se espalhar pelo mundo. Isso pode acontecer em uma década". O que tornou as declarações de Gates alarmantes foi que ele sempre se apresentou como uma pessoa extremamente positiva durante as reuniões.

Ele ainda relembrou que, nos últimos anos, o mundo conseguiu tirar um grande número de crianças da pobreza. Além disso, também pôde reduzir a incidência de antigas enfermidades, como a malária. "Mas há uma área na qual o mundo não fez muito progresso: a preparação para enfrentar uma pandemia", ressaltou. Gates alertou sobre ter ficado cada vez mais fácil fabricar o vírus do sarampo em laboratórios pequenos. Além disso, diz que novos agentes patogênicos podem surgir com o grande aumento da população mundial e a invasão a ambientes ainda desconhecidos.

Esses deslocamentos fáceis e rápidos tornariam uma contaminação mais veloz e ampla. "Pense no número de pessoas que deixam todos os dias Nova York para ir a outra parte do mundo. Estamos em um mundo interconectado", disse Bill. Ele acredita que o mundo será surpreendido por doenças que já surgiram como um surto, como o caso de Sars e Mers, síndromes respiratórias causadas por vírus.

"Se você fosse dizer aos governos que armas capazes de matar 30 milhões de pessoas estão em construção neste momento, haveria uma noção de urgência sobre a preparação contra essa ameaça", disse Gates. "No caso de ameaças biológicas, essa noção não existe. O mundo precisa estar preparado para pandemias da mesma forma como está preparado para a guerra", complementou. Ele aproveitou o episódio para anunciar que a Fundação Bill and Melinda Gates oferecerá um subsídio de 12 milhões de dólares ao estímulo voltado para pesquisar sobre universal contra a gripe.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Diogo Quiareli
Diogo Quiareli, 23 anos, Gay, Publicitário, Goiano, Geminiano e Infinito. Uma pessoa extremamente apaixonada pelo universo musical e amante do e-sport. Fiel a memória de RBD e Glee, além de alimentar diariamente a paixão por Katy Perry, Florence and The Machine e 30 Seconds to Mars.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+