Boneco assombrado amaldiçoa pessoas há mais de 100 anos

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      18/09/14 às 22h55

Se você acha que histórias de terror envolvendo bonecos, ventrílocos e manequins são novidade, está muito enganado. Uma das mais antigas data de 1900, há mais de um século, e teve início em Kay West, no estado da Flórida, EUA.

Um jovem rapaz chamado Robert Eugene Otto - ou Gene - morava em um casarão com vários empregados, e de um deles recebeu de presente o boneco da foto, que tem pouco mais de 1 metro. O brinquedo, que vinha com uma roupinha de marinheiro, ganhou o mesmo nome que o garoto: Robert.

23

Com o passar dos anos, o menino começou a ficar mais e mais próximo do boneco, tornando-o inseparável. Longos diálogos eram ouvidos, com duas vozes distintas, o que fez com que os pais de Gene achassem que ele estava apenas encenando ou fazendo ventriloquismo, por exemplo.

Foi depois disso que Gene começou a ficar estranho. Tinha ataques de raiva, quebrava coisas e ficava histérico, sempre culpando o boneco pelo comportamento. Junto com os acessos, os pais começaram a ouvir "risadinhas" pela casa. Mesmo assim, a intimidade de Robert com Gene só crescia, ao ponto que eles dormiam, comiam e até tomavam banho juntos.

33

Gene cresceu, herdou a casa e deixou Robert em um dos cômodos, não habitado. Mas crianças da rua costumavam dizer que viam o boneco as encarando pela janela, e ele também parecia mudar de posição na casa sem que ninguém o movesse. As risadinhas voltaram, junto com passos e mudanças de expressão do boneco, que parecia sustentar emoções quando encarado. Nos anos 70, Gene faleceu e a casa recebeu novos hóspedes.

A nova família, que tinha uma filha pequena, ficou incomodada com a presença do brinquedo, em especial uma garota pequena, que afirmava ser torturada e assombrada pelo pedaço de pano.

Hoje, o casarão é um hotel, e Robert virou uma espécie de atração, ainda sentado no mesmo cômodo onde foi deixado, e continua assombrando visitantes e pregando peças nos moradores. É preciso, inclusive, "pedir permissão" para o boneco ao chegar no local, apresentando-se e avisando se fotos forem ser tiradas. A teoria para explicar essa assombração toda seria de que o serviçal que presenteou Gene na verdade estava lhe dando um boneco de vudu, como uma forma de punir sua família.

Na caixa de vidro onde ele está, há várias cartas de pessoas suplicando por perdão, por não terem pedido sua permissão, implorando para que sua maldição seja removida. E você, fotografaria ele sem pedir?

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+