Inovação

Burger King faz trollagem épica com o McDonald’s no final do filme It

0

Nunca antes em toda a história da cultura pop um palhaço despertou tanto a criatividade das pessoas como Pennywise. O Palhaço Dançarino do filme It: A Coisa não sai mais do noticiário desde sua estreia nos cinemas. Além de diversos trabalhos feitos por fãs, como ilustrações e vídeos, o personagem atingiu outros níveis.

Recentemente, a rede Burger King da Rússia criou uma encrenca com It: A Coisa. De acordo com seu representante, o filme seria uma publicidade gratuita para o McDonald’s, seu maior concorrente. E a rede de fast food não estava para brincadeira. Tanto que a reclamação chegou ao Federal Antimonopoly Service of Russia (FAS). Uma espécie de serviço antimonopolista do país. O Burger King pedia a retirada do filme do país. Mas no final das contas Pennywise não foi a lugar algum.

Contudo, se por um lado os russos perdem a cabeça por conta de um palhaço, por outro os alemães provam que, às vezes, se você não pode contra eles, use-os a seu favor.

Trollagem épica

It: A Coisa foi o maior filme de terror do ano e a maior bilheteria do gênero nos Estados Unidos desde O Exorcista. Mesmo semanas após sua estreia, o filme ainda leva muitas pessoas ao cinema. Por isso, o Burger King da Alemanha resolveu fazer sua própria publicidade em cima do filme. Em uma sessão, à medida que os espectadores respiravam entre sustos, uma frase surgiu na tela antes dos créditos finais.

O selo dizia: “Moral da história: nunca confie em um palhaço”. Por um tempo a plateia ficou sem entender o que tinha acabado de ver. No entanto, logo em seguida surge a famosa logomarca do Burger King. E depois foi só festa. No fim da história, podemos dizer que o Rei conseguiu se sobressair ao Palhaço. Agora é esperar a próxima treta!

A seguir, confira o vídeo da publicidade.

https://youtu.be/xx_kf-mCKYo

7 descobertas arqueológicas mais assustadoras de todos os tempos

Matéria anterior

Essa história do último dia dessa cachorro na Terra vai te emocionar

Próxima matéria

Mais em Inovação

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.