• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Câmaras misteriosas da Civilização Asteca são descobertas

POR A redação    EM Lugares & Construções      03/12/15 às 19h50

Um templo asteca chamado Templo Mayor, que fica localizado no coração da moderna Cidade do México, já foram um espaço sagrado para as comunidades pré-colombianas da cidade de Tenochtitán. Com algumas descobertas recentes de uma plataforma cerimonial e duas câmaras seladas sob o marco turístico, os pesquisadores agora estão com esperança de revelar um mistério que intriga muita gente a séculos. Mas esse mistério só vai ser desvendado quando conseguirem abrir as catacumbas misteriosas que podem revelar segredos de um dos maiores reis astecas.

O fato é que ao continuarem pesquisas em um túnel descoberto em 2013, os arqueólogos encontraram uma passagem secreta que levou a uma estrutura semelhante ao Cuauhxicalco, que é um espaço ritualístico que era usado para cremar corpos de líderes astecas. Essa passagem secreta acompanha duas portas que eles tem suspeitas que levam aos lugares onde os corpos eram sepultados.

articles-31103_thumbnail

O pesquisador da expedição, Leonardo Lopez Lujan, explica que os estudos sobre o momento da cremação comprovam que realmente deve existir restos mortais de alguns dos líderes astecas nas câmaras que ainda não foram abertas e tendo em vista a idade do templo, estima-se que os tais corpos que possivelmente poderão ser descobertos marcam uma data entre 1440 e 1469.

Como está não é a primeira vez em que a esperança de novas descobertas ao redor dos reis astecas está acesa, os pesquisadores alertam para que não haja uma grande expectativa enquanto a expedição não abrir as catacumbas, e provavelmente não irá acontecer antes do ano que vem. Todas as outras expectativas já existentes acabaram em uma grande frustração, fazendo com que as tradições funerárias dos pré-colombianos do México continuem sendo um mistério.

Storming_of_the_Teocalli_by_Cortez_and_His_Troops

Nascido a partir do começo do século 14 e com existência até 1521, o império se estendia sua maior parte pela Mesoamérica, com a capital Tenochtitlán, sendo fundada em uma ilha em um lago que hoje é a Cidade do México. No centro era uma área rodeada por um muro que dentro possuía duas pirâmides que serviam de santuários ao deus sol Huitzilopochtli e o deus da chuva Tlaloc.

Alguns relatos históricos e escavações arqueológicas forneceram detalhes sobre uma série de atividades que ocorreram, com o objetivo de fazer sacrifícios humanos. De acordo com alguns relatos, mais de 20.000 pessoas foram sacrificadas a cada ano, tendo seus corações removidos e segurados no alto enquanto estavam batendo, como oferendas aos deuses. Porém, enquanto não encontrarem os governantes enterrados, os historiadores permanecem sem saber como os reis do império foram homenageados, queimados, enterrados e quando faleceram.

Gostaram da matéria leitores? Comentem aqui pra gente!

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+