• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Canadá pretende receber mais de 1 milhão de imigrantes e muitos são refugiados

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Afora      22/01/19 às 16h34

Existem diversos lugares que sonhamos morar desde que somos crianças. Estados Unidos, Inglaterra e França estão entre os mais populares, mas não podemos nos esquecer do Canadá. Diversas pessoas carregam da infância o sonho de um dia morar nesse país. Uma boa notícia: agora é mais fácil, então podemos já começar a arrumar nossas malas o mais rápido possível. Falamos isso porque recentemente o parlamento canadense fez um anúncio um tanto curioso e esperançoso. O parlamento anunciou um plano para receber mais de um milhão de novos residentes no país nos próximos três anos. Eles buscam receber pessoas para morarem fixamente por lá.

Esse total é quase um por cento da população do país a cada ano. O Canadá recebeu mais de 286 mil residentes permanentes somente em 2018, e esse número pode ainda subir para 350 mil agora, em 2019. As expectativas do governo canadense são de que o país possa receber ainda 360 mil em 2020 e aumentar para 370 mil, em 2021. Enquanto alguns países não lidam bem com os imigrantes, o Canadá está abrindo as suas portas para uma enorme quantidade de pessoas do mundo inteiro.

"Graças aos recém-chegados que recebemos ao longo de nossa história, o Canadá se tornou um país forte e vibrante de que todos gostam", disse Ahmed Hussen, o ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC). Hussen, que é ainda um imigrante da Somália. Ele ainda disse que o afluxo ajudará a compensar o envelhecimento da população do Canadá e a taxa de natalidade em declínio, no momento em que cresce sua força de trabalho.

A postura bastante amigável do país em relação aos seus novos moradores contrasta com outras nações do ocidente, como os Estados Unidos, que adotam políticas de imigração mais restritivas. O Canadá é especialmente dedicado a oferecer proteção a refugiados, desde os imigrantes que vêm de países em zonas de guerra (como a Síria) a perseguidos políticos. Foi relatado ainda pela Agência de Refugiados das Nações Unidas os níveis sem precedentes de refugiados em 2017, com o número de deslocados forçados chegando a 68,5 milhões de pessoas. O IRCC, Departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania, prometeu US$ 5,6 milhões para apoiar iniciativas globais de reassentamento.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Razões para Acreditar     CNN  
Imagens Acnur
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+