Curiosidades

ChatGPT agora realiza pesquisas na internet em tempo real

0

Conforme o ChatGPT e mais ferramentas de inteligência artificial têm chamado atenção das empresas que estão buscando mais eficiência, mais coisas são perguntadas a esse tipo de ferramenta de inteligência artificial. E desde sua criação, as pessoas parecem estar compreendendo cada vez mais como usá-lo.

Com isso, a OpenAI anunciou na quarta-feira dessa semana uma atualização que faz com que o ChatGPT possa fazer pesquisas na internet. Por conta dessa novidade, as pessoas que o usam irão receber links de onde as informações foram tiradas. Assim, ele não ficará limitado a informações datadas de até 2021.

Atualização

Segundo a organização sem fins lucrativos, até o momento, essa navegação na internet só está disponível para os usuários que assinam os serviços Plus ou Enterprise. E para usá-lo é necessário acessar a plataforma pelo buscador Bling e selecionar a opção “GPT-4”.

De acordo com a OpenAI, os usuários do ChatGPT gratuito terão essa opção de pesquisas em tempo real em breve.

Em maio desse ano, uma versão com integração com a internet já tinha sido lançada. No entanto, a atualização que foi anunciada nessa semana promete mais do que informações mais atuais e confiáveis, mas também um arquivo robots.txt e identificação de como os sites interagem com o ChatGPT.

Desejo antigo

Tecmundo

O ChatGPT foi lançado em novembro de 2022 e foi visto como uma revolução na internet. No entanto, umas das principais críticas era que essa ferramenta de inteligência artificial só tinha uma base de dados com informações atualizadas até setembro de 2021.

Justamente por isso que ela não conseguia responder a respeito de acontecimentos a partir de outubro de 2021. Por conta disso, ela acabava dando informações erradas a respeito de coisas recentes. E a própria OpenAI admitiu que essa integração do ChatGPT com a internet era um dos principais feedbacks que os usuários tinham.

“A navegação é particularmente útil para tarefas que exigem informações atualizadas, como para ajudá-los em pesquisas técnicas, tentar escolher uma bicicleta ou planejar as férias”, informou a empresa.

Nos últimos dias, o ChatGPT teve grandes novidades. Além da integração, na segunda-feira, a ferramenta ganhou interação por voz e imagens, até podendo responder às pessoas com uma voz sintética.

ChatGPT

Dicas OLX

Conforme o ChatGPT e mais ferramentas de inteligência artificial chamam atenção do mundo todo, preocupações sobre seu uso também vêm junto. Tanto é que, nos EUA, cada vez mais trabalhadores estão usando o ChatGPT  para ajudá-los em suas tarefas básicas. Isso está sendo um ponto de apreensão entre os empregadores. E empresas gigantes, como a Apple e a Samsung, até proibiram o uso de ferramentas de inteligência artificial por seus funcionários.

Segundo uma pesquisa feita pela Reuters/Ipsos, entre os dias 11 e 17 de junho, 28% das pessoas que foram entrevistadas disseram que usam o ChatGPT de forma regular como uma ferramenta de trabalho. No entanto, desses, somente 22% tinham autorização dos seus chefes para usar a inteligência artificial.

Ainda de acordo com a pesquisa, 100% das pessoas que foram entrevistadas eram proibidas por seus chefes de usar a ferramenta de IA para os ajudar no trabalho. E de todos os ouvidos, 25% não souberam dizer se o uso do ChatGPT é ou não permitido na empresa em que eles trabalham.

Dentre as coisas que a ferramenta ajuda as pessoas estão: fazer e-mails, resumos de documentos e pesquisas iniciais.

Por ser uma coisa nova, as empresas do mundo todo ainda estão avaliando quais são as melhores maneiras de introduzirem o ChatGPT e outras ferramentas parecidas com o trabalho que já é feito.

Dentre as principais preocupações por parte das empresas está a segurança, principalmente com o risco de vazar informações internas ou acontecer uma violação de propriedade intelectual.

Os vazamentos podem acontecer porque ferramentas de inteligência artificial são treinadas com dados, sendo alguns deles dos próprios usuários que testam o serviço. Por isso que, se funcionários digitarem informações internas das empresas em ferramentas desse tipo, é possível que elas sejam usadas para ajudar no desenvolvimento delas. Como consequência, podem acontecer vazamentos não intencionais.

Fonte: Tecmundo, Olhar digital

Imagens: Twitter, Tecmundo, Dicas OLX

Nova espécie de tarântula com a cor mais rara da natureza é encontrada na Tailândia

Artigo anterior

Jim Ryan deixará o cargo de CEO da PlayStation em março de 2024

Próximo artigo