O Drake é a atração principal do primeiro dia de Rock in Rio, um dos maiores festivais de música do mundo. O artista se apresenta nesta sexta-feira, 27. Por ser um dos primeiros a se apresentar, o artista fez questão de chegar no Brasil dois dias do evento. Em suma, a chegada da comitiva do canadense aconteceu da forma mais fina possível.

De acordo com informações divulgadas pela imprensa, o cantor e toda sua equipe chegaram a bordo de um luxuoso Boeing 767, avaliado em cerca de R$ 900 milhões. Segundo a CNN, o avião foi personalizado pelo próprio cantor.

Por ter sido avaliado em cerca R$ 900 milhões, sabemos, de cara, que o Boeing 767 de Drake não pode ser definido como um jatinho ou uma aeronave de pequeno porte. O avião no qual o artista desbrava o mundo é diferente.

Por quê? Diferente dos aviões de outras celebridades, a máquina do Drake possui porte comercial. Basicamente, é um modelo utilizado para transporte de passageiros e carga.

Por dentro do luxuoso Boeing 767

Publicidade
continue a leitura

Alguns meios de comunicação definiram o avião de Drake como uma mansão com asas. E deve ser mesmo. Para se ter uma ideia, as fileiras de assentos tradicionais simplesmente foram substituídas por ambientes. Isso mesmo, ambientes.

Dentre os espaços cuidadosamente projetos, há uma suíte e uma sala de estar privativa. A suíte possui paredes espelhadas, cama "king size" e inúmeros travesseiros. Já a sala de estar é decorada com sofás e poltronas reclináveis. Ah, as poltronas são de couro.

Literalmente, o Boeing 767 segue o estilo dos aviões das bandas de rock dos anos 70. O interior é forrado por carpetes, tem inúmeros espelhos e, claros, áreas de refeição. Logicamente, há também áreas de lazer e trabalho.

Publicidade
continue a leitura

Em meio a tanto luxo, há também uma TV gigante (será que é pra ver a Rihanna?). Ali, tudo é cercado por objetos banhados a ouro.

Batizado como "Air Drake", o avião traz as iniciais do rapper pintadas a ouro, assim como a silhueta de suas mãos em prece e a coruja, símbolo da cidade de Toronto, no Canadá, onde nasceu. Além do símbolo da cidade e da coruja, o avião carrega a logomarca de uma de suas empresas, o selo musical Ovo (October's Very Own).

A história da máquina

Publicidade
continue a leitura

Supostamente, Drake o utiliza para realizar viagens pessoais e, obviamente, cumprir eventuais datas de turnês. O avião começou a ser usado pelo rapper este ano, especificamente em maio. Mesmo sendo um dos músicos mais ricos do mundo, acredite ou não, Drake não teve de desembolsar nada para adquirir a aeronave.

De acordo com o site TMZ, o avião foi um presente da companhia canadense CargoJet. Entretanto, não foi divulgado se Drake paga todos os custos dos voos. Em suma, o custo operacional do avião em questão não é nada barato.

Estima-se que cada hora de voo vale cerca de R$ 40 mil, incluindo impostos e gastos com combustível e tripulação. Além disso, vale ressaltar que o avião não é novo. Como disse, ele foi personalizado pelo próprio cantor, mas a aeronave não é nova.

Em suma, o Boeing 767-24Q(ER), matrícula N767CJ, voa há 22 anos. Drake é seu terceiro dono. O luxuoso avião, antes, pertenceu à companhia aérea Mid East Jet, da Arábia Saudita, e, antes de chegar ao rapper, a uma frota americana, que já havia alterado sua configuração interna.

Publicado em: 26/09/19 18h06