CuriosidadesHistória

Como seria nosso país se não houvesse corrupção?

0

Dinheiro na cueca, escondido por ali, em contas na Suiça, superfaturado em obras públicas e até eventos como a Copa do Mundo de Futebol, operações a perder de vista os nomes estranhos e a quantidade, feitas pela Polícia Federal, e isso é só uma pontinha do iceberg, como diriam os criadores de “Titanic”.

Os protestos no país exibiram o pedido de muitas pessoas, em entrevistas aos canais de televisão e programas de notícias, para que a corrupção chegue ao fim.

O Brasil tem vivido um momento importante na história da política e o cenário da democracia. E esse tipo de pratica afeta a população de modo geral e prejudica o bom funcionamento do país, principalmente nas áreas da segurança, saúde, infraestrutura, educação, habitação os direitos essenciais à nossa vida.

Sem contar que fere a nossa Constituição, de modo criminal.

corrupcao

Um estudo feito pelo Departamento de Competitividade e Tecnologia (Decomtec) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) revelou que as atividades oriundas de corrupção, como mensalão, superfaturamento de dinheiro em obras e licitações das mais diversas naturezas, a propina, mensalão e até os dinheiros nas meias e cuecas que já foram flagrados pelas autoridades gera um rombo de R$ 41,5 bilhões e R$ 69,1 bilhões.

Isso sem mencionar os novos esquemas da operação Lava-jato e o dinheiro encontrado na conta do polêmico Eduardo Cunha, segundo a Polícia Federal afirmou ter encontrado.

Uma pesquisa do Instituto Datafolha publicada no jornal Folha de São Paulo mostrou que 34% dos eleitores apontam a corrupção como o principal problema enfrentado pelo Brasil na atualidade. Em segundo lugar aparece a área da saúde, com 16%, o desemprego, com 10%, violência e educação, com 8% cada e a economia, com 5%.

Como seria o nosso país se não houvesse corrupção?

maxresdefault

Um artigo publicado por Queila Ariadne, do Portal O Tempo fez a previsão e os cálculos de como seria essa realidade. No levantamento realizado, o artigo constatou que a renda percapita equivaleria a quase oito salários mínimos a mais para os brasileiros, o que equivaleria a um percentual de 27%.

O salário mínimo dos brasileiros não seria um mínimo de menos de R$1000,00 e sim um valor equivalente a R$16,71 mil por ano. Dá um equivalente de quase 5 salários mínimos a mais que o que se recebe atualmente.

O artigo ouviu a opinião do professor de administração pública do Ibmec, Miguel Augusto Barbosa Dianese, que afirmou que “a produtividade é totalmente afetada, uma vez que os recursos desviados deixam de ser aplicados em melhorias para a população.Quanto maior o índice de corrupção, pior fica a imagem do país no mercado internacional e menor será a capacitação de investimentos estrangeiros“.

corrupcao1

A Fiesp testou algumas simulações sobre o gasto na corrupção e previu que os gastos de R$69,1 bilhões que vão embora com a corrupção, por exemplo, daria para o governo ampliar a quantidade de alunos matriculados na rede pública de ensino em 47% ou aumentar em 89% os leitos de internação do SUS.

O que achou da previsão feita pela Queila Ariadne? Você acha que a corrupção no Brasil vai ter fim? Mande seu comentário para gente!

8 coisas bizarras que você não sabia que seu corpo era capaz de fazer

Matéria anterior

5 coisas que existirão no próximo milênio (de acordo com a ciência)

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.