Como seria viver no Kepler-452 B, o planeta que se parece com a Terra?

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      29/07/15 às 19h05

Há alguns dias você viu aqui na Fatos Desconhecidos que a Nasa descobriu um planeta super parecido com a Terra, o Kepler-452 B.

Com a descoberta várias cientistas começaram a considerar que o planeta pode ser habitável, sendo uma alternativa de continuação da vida humana lá fora.

Mas, caso os seres humanos realmente pudessem habitar o Kepler-452 B, como seria? De acordo com Jon Jenkins, um dos responsáveis pela nave Kepler, afirma que no começo seria difícil viver por lá.

Isso por causa da alta gravidade, que poderia causar mudanças nos corpos dos primeiros humanos que pisassem no planeta.

Depois de um tempo, isso faria com que as pessoas se tornassem mais fortes. Segundo Jenkins seria como malhar todos os dias.

Como o novo planeta orbita uma estrela parecida com o sol, que fica a mais ou menos à mesma distância que ele em relação a Terra, a experiência seria parecida com a que temos em nosso planeta.

Plantas

kepp

Além dos seres humanos é preciso pensar também em outros seres vivos, como as plantas, já que necessitamos delas para nossa sobrevivência.

De acordo com os pesquisadores que estudam o Kepler-452 B, no novo planeta também seria possível que as plantas terrestres realizassem fotossíntese, o que garantiria que elas permanecessem vivas.

Claro que ainda é preciso saber mais sobre o exoplaneta e entender mais claramente as condições de sobrevivência que ele oferece.

Além disso, mesmo que ele possa ser a "nova Terra", é preciso pensar também no transporte até lá. Isso porque o Kepler está a cerca de 1.400 anos luz de distância.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+