• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça as 10 piores prisões do mundo

POR Rafael Miranda    EM Mundo Afora      19/01/15 às 20h09

Em algumas cadeias do mundo, presos encaram um cotidiano de celas superlotadas, imundas, sem luz natural, sem refrigeração ou aquecimento, com ratos e fezes espalhadas pelo chão. Muitos condenados são sujeitados a torturas pelos próprios presos e por funcionários da cadeia e não são poucos os relatos de violência explícita e assassinatos. Se você acha que os presídios brasileiros são ruins, espere até ver esta lista, cujas instituições possuem atividades como roleta-russa e canibalismo.

Bang Kwang

1

Apelidada de Hotel Hilton, a prisão central de Bang Wang fica localizada na Tailândia.  Todos os presos por ali estão condenados no mínimo a 25 anos de cadeia. Cerca de 10% deles estão no corredor da morte. E, para quem gosta de números, todos são obrigados a usar bolas de ferros amarradas aos pés. Além disso, água e comida não são suficientes para todos, o que impõe uma lei de sobrevivência aos detentos.

Drapchi

2

Drapchi fica localizada no Tibet. Ela ficou mundialmente conhecida por causa dos tiros propositais disparados pelos guardas e das brincadeiras de "roleta-russa" realizadas de tempos em tempos contra os prisioneiros.

ADX

3

Esta prisão de segurança máxima no Colorado (EUA) é a casa de alguns dos terroristas mais procurados do planeta. É considerada pelos próprios detentos como uma espécie de inferno na terra. As celas não recebem luz natural nunca e os presos são obrigados a passar 23 horas diárias por lá. Os presos não podem interagir com ninguém.

Diyarbakir

4

Símbolo de tortura e repressão, o presídio de Diyarbakir, na Turquia, é o lugar onde ninguém gostaria de ir nem por roubar uma maçã. A falta de comida e a violência já fez milhares de presos cometerem suicídio. As formas são variadas, mas a maioria morre queimada ao botar fogo no próprio colchão.

Louisiana State Penitentiary

5

Formalmente conhecida como "A Prisão de Angola", a penitenciária de segurança máxima de Louisiana é a maior dos EUA. Nela, os prisioneiros são obrigados a trabalhar sob condições desumanas o ano inteiro. Depois do assassinato de um guarda, as coisas pioraram por lá. Herman Wallace e Albert Woodfox que o digam: há 40 anos eles estão na solitária.

Kwan Li So

6

Viver em uma prisão da Coréia do Norte pode se transformar em um verdadeiro inferno. Em Kwan Li So, homens e mulheres são tratados como animais selvagens. As informações são poucas, mas acredita-se que as punições em forma de trabalho forçado e tortura não são limitadas apenas aos adultos, elas valem também para as pequenas crianças condenadas por pequenos delitos.

La Sante

7

A prisão de La Sante  fica em Paris, mas a beleza e o charme da capital francesa obviamente não transpõem os muros desta cadeia. Um estudo realizado no presídio pelo instituto francês de demografia apontou que o lugar é o responsável pelo maior número de suicídios entre as prisões da União Européia. Em La Sante, os presos são trancados 23 horas por dia. Fatores internos (e propositais) fazem a temperatura beirar sempre os 40 graus.

Tadmor

8

Depois de uma tentativa de assassinato ao então presidente Hafez al-Assad, em 1980, a prisão de Tadmor, localizada no árido deserto sírio, passou por uma grande faxina. Cerca de 800 presos foram massacrados e a matança durou duas semanas. A prisão acabou fechada depois da morte de Hafez al-Assad em 2001. Seu filho, o atual presidente Bashar al-Assad, a reabriu em 2011. Por causa da atual guerra civil no país, quase ninguém sabe como anda a vida dos rebeldes nesta prisão.

 Guantánamo

9

Só por ser uma prisão norte-americana localizada em Cuba, Guantanamo já merecia estar no topo da lista. A controversa cadeia abriga centenas de prisioneiros de guerra vindos do Iraque e Afeganistão. Torturas psicológicas e física já não são mais segredo para ninguém.

Gitarama

10

Ser enviado à prisão de Gitarama, em Ruanda, é a mesma coisa do que ter um pesadelo acordado. O número de presos supera em 20 vezes a capacidade máxima do presídio. Não há espaço nem comida para todos. Canibalismo é o um dos problemas rotineiros da instalação.

Próxima Matéria
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+