• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça Azrael, o anjo que separa o corpo das almas

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      27/04/18 às 19h05

Todos já ouviram falar sobre o anjo da morte mas, ainda assim, muitos não sabem o seu nome ou a sua forma. Frequentemente, ele acaba sendo chamado apenas de "morte", apesar de carregar o nome de Azrael, e é exibido com uma foice e uma enorme túnica preta, além de cobrir a sua cabeça com um capuz. Essa imagem acabou se popularizando e sendo retratada em diversos meios, incluindo filmes, desenhos e livros. E, por isso, você provavelmente também deve imaginá-lo dessa maneira.

O anjo da morte acabou sendo retratado e visto pela maioria das pessoas de forma negativa, como um ser ruim que tira a vida das pessoas. Isso fez com que ele também fosse adotado por esoteristas e ocultistas. Mais, ainda que muitos pensem dessa forma, a verdade sobre ele pode ser bem diferente. Além disso, o famoso arcanjo faz parte da crença judaico-cristã e muçulmana, mantendo algumas variáveis entre eles.

As diferentes retratações de Azrael

Para o islamismo, o anjo da morte é apresentado com uma visão extremamente sobre-humana. Ele teria 70 mil pés, 4 mil asas e um número incontável de olhos e línguas. Além disso, ele seria o responsável por escrever o nome das pessoas no 'Livro da Morte'. Enquanto isso, os esoteristas se posicionam de uma forma completamente contrária. Eles acreditam que Azrael seja o responsável por acompanhar os mortos até o seu destino, o levando para a outra vida. Ou seja, ele seria uma espécie de guia de almas, levando-os para o céu ou para o inferno. Essa visão positiva do anjo da morte diz que ele é aquele que da paz para os mortos.

E, apesar dos ocultistas serem vistos de forma negativa frequentemente, a imagem criada por eles sobre Azrael não é ruim. Eles acreditam que o anjo seja responsável pelos espíritos e que consegue sentir a sua aura independente da dimensão em que esteja. Sendo, também, aquele que ajuda os médiuns a entrar em contado com a alma daqueles que sofrem. E, por último, o judaísmo vê o anjo de uma forma pessimista, um pouco parecida com a do islamismo. Azrael seria o responsável por tirar a vida das pessoas e se mostraria com a pior das aparências para os pecadores. Mas, por outro lado, ele teria uma aparência bela perante os honestos e não poderia tocar naqueles que condessassem seus pecados - ato que faria com que eles fossem protegidos por Deus.

Como podemos ver, as visões sobre o anjo da morte são extremamente diversificadas. Fazendo com que, dependendo da crença, as suas especificações sejam completamente diferentes. Podendo ter uma aparência, nome e finalidade diferente. Ainda assim, todas elas tem seus aspectos interessantes. Mas e aí, com qual delas você se simpatiza mais?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+