• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça a história de quatro pessoas que estavam na lugar errado e na hora errada

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      16/01/15 às 20h21

Às vezes pensamos que a sorte não é muito o nosso forte, pisamos em cocô de cachorro assim que botamos os pés na rua, somos atingidos pela lama de poças d'água graças à algum carro que passa por nós em alta velocidade, batemos o dedinho do pé em algum móvel da casa.

Apesar de todos esses desastres do dia-a-dia, acredite, existe gente com muito menos sorte. Confira:

Tsutomu Yamaguchi

tsu

No dia 6 de agosto o senhor Tsutomu viajou a negócios para a cidade de Hiroshima, representando a empresa Mitsubishi Heavy Industries. Assim que desceu do carro, viu um avião que passava por cima de sua cabeça, de onde saltaram dois paraquedistas. Instantes depois a bomba atômica Little Boy explodiu na cidade japonesa.

O epicentro da explosão foi a aproximadamente três quilômetros de onde Yamaguchi estava, o calor da explosão queimou parte do seu tronco, rompeu seu tímpano e o deixou cego por um tempo. Por sorte, o japonês conseguiu encontrar um abrigo antibomba e no dia seguinte voltou para a sua casa em Nagasaki.

No dia 9 de agosto do mesmo ano, o homem já estava praticamente recuperado e voltou ao trabalho, enquanto explicava ao seu chefe como a bomba destruiu Hiroshima, viu uma luz pela janela, era a Fat Man, a segunda bomba atômica norte-americana que devastou a cidade. Yamaguchi foi reconhecido pelo governo japonês como o único sobrevivente das duas bombas. Outras 165 pessoas também sobreviveram aos dois ataques, mas não tiveram a façanha reconhecida oficialmente.

Famílias Desarmes

desarmes

No ano de 2010 o Haiti sofreu um dos maiores desastres naturais da história do país. Uma onda de terremotos deixou o lugar devastado, foi então que muitas famílias resolveram pedir asilo em outros países.

O haitiano Pierre Desarmes e seus parentes entraram em contato com as forças armadas do Chile e foram levados para Santiago. Um mês após a chegada deles no país latino americano, um terremoto de 8.8 pontos de magnitude atingiu a cidade.

A família acabou fugindo de um país atingido por um terremoto para ser atingida por outro tremor de terra em um novo país. Até agora, eles não sofreram com outros acidentes naturais do tipo e continuam vivendo no Chile.

Jason e Jenny Cairns-Lawrence

torre

O casal britânico Cairns-Lawrence conseguiu passar férias em três lugares diferentes e sofrer atentados terroristas nos três. O primeiro atentado presenciado por eles foi, nada mais, nada menos, que o atentado das torres gêmeas no dia 11 de setembro de 2001. Já na segunda viagem, o casal esteve em Londres, quando houve uma série de ataques suicidas no metrô londrino, que deixou 52 mortos e 700 feridas.

Como se não bastasse, na terceira viagem, dessa vez para Mumbai, na Índia, um atirador do grupo terrorista Lashkar-e-Tayyiba atacou vários pontos turísticos e matou 164 pessoas. Não sei se o casal teve muito azar ao presenciar aos três ataques ou sorte por sobreviver a todos eles.

Austin Hatch

austin

Austin conseguiu algo inacreditável: sobreviver a duas quedas de avião. No ano de 2003 Hatch e toda a sua família sofreram uma acidente aéreo. A mãe e os dois irmãos do jovem faleceram, ele e o pai, que pilotava o pequeno avião, escaparam com vida.

Oito anos depois, em 2011, Hatch estava em um avião que também caiu. A madrasta e o pai do rapaz que também estavam no avião morreram. Austin ficou em coma por oito semanas e sofreu diversas fraturas pelo corpo.

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+