A cada dia, as grandes marcas e empresas ligadas a moda e a beleza vem percebendo que o Padrão de Beleza Feminino é falho. Cada mulher tem suas particularidades e sua própria beleza, que merece ser celebrada e representada. Especialmente as mulheres com curvas mais salientes, que representam a maior parte da população. Modelos demasiadamente magras, loiras e secas estão cada dia dia mais "esquecidas", por sustentarem um padrão de beleza desejável, mas insustentável.

Isso foi bem forte e marcante na vida de Hunter McGrady. Ela passou a vida inteira tentando ser uma modelo nos padrões magros e esqueléticos. Chegou a pesar 52 kg, o que era um pouco baixo para seu peso ideal. Ela chegou a um momento em que não conseguia mais emagrecer, independente do quanto tentasse. E mesmo fazendo dietas e exercícios, ela percebeu que seus quadris eram muito grandes, e ela jamais iria se enquadrar naquele padrão de beleza que tanto almejava.

Foi quando ela desistiu de seguir um padrão e aceitou sua beleza como ela é.

Hoje, aos 26 anos, Hunter pesa 108 kg e finalmente conseguiu realizar seu sonho. Ela foi escolhida como destaque da Sports Illustrated Swimsuit 2017, uma importante revista de moda esportiva. Com isso, ela mostrou que não é necessário ser magra para ser sexy. E que, inclusive, não ser magra pode te deixar ainda mais sexy.

Isso ajuda muitas mulheres, que não tem o corpo "perfeito" (magro), a criarem expectativas e se aceitarem como belas e formosas mulheres que são.

Ela disse que seu principal objetivo "é mostrar às mulheres que você é capaz de amar o seu corpo em qualquer tamanho. Você pode ser sexy e bela em qualquer tamanho".

O mais incrível é que o ensaio fotográfico foi todo utilizando body painting. Foram apenas pinturas corporais, no seu corpo nu, e que criaram um resultado incrível. Valorizando as curvas naturais do seu corpo, a modelo posou em um praia. Fotos extremamente sensuais e magníficas.

Publicidade
continue a leitura

Confira, a seguir, as melhores fotos do ensaio fotográfico de Hunter:

Publicidade
continue a leitura

Plus Size

Plus Size é um termo dado do mundo da moda especificamente criada para pessoas que tem corpos maiores que a “média”. A aplicação do termo varia de país para país, e de acordo com a indústria na qual a pessoa está envolvida. Geralmente englobam as vestimentas “G” em diante.

E isso não se deve apenas à proporção “cheinha”, mas também às pessoas altas, que também consomem muitos produtos com numerações grandes.

Publicidade
continue a leitura

Recentemente, muitas lojas e marcas vem investindo e/ou incluindo em seus catálogos as peças de roupas feitas especialmente para pessoas maiores. Isso aumenta ainda mais a visibilidade do “plus size”.

Acredita-se que o plus-size nasceu na década de 1920, quando Lane Bryant começou a fazer roupas específicas para mulheres Grávidas. De lá pra cá, tanto as roupas quanto as modelos plus-size vem se tornando famosas e sendo difundidas pela mídia.

Modelo

Uma das poucas profissões onde a Mulher ganha mais do que o Homem, o mundo da Moda paga muito bem as suas modelos. Geralmente, os salários vão de R$ 300 até mais de R$ 100 mil por desfile, dependendo do nível, da fama e do evento. Os salários variam também dependendo de quantas marcas de roupa a modelo está representando no desfile.

E ai, leitor(a), o que achou da matéria? Gostou das fotos de Hunter? Conhece alguém parecida com ela? Ela tem vontade de seguir carreira no mundo da moda? Deixa pra gente nos comentários (:

Publicado em: 27/02/17 19h04