Que o ser humano é inquieto e adora descobrir coisas novas, isso todo mundo sabe. Apesar do gosto pela novidade, só há uma coisa capaz de mexer tanto com o entusiasmo das pessoas: descobrir coisas antigas, ligadas ao passado da humanidade.

Aliás, para quem ainda não ficou sabendo, estamos vivendo um desses momentos de descobertas e euforia. Isso porque pesquisadores descobriram no México duas cidades maias que haviam sido "engolidas" pela mata. Chamadas Lagunita e Tamchen, elas estão localizadas na península de Yucatán e foram descobertas no mês de abril, por meio de análise de fotografias aéreas da região.

Publicidade
continue a leitura

Segundo os arqueólogos responsáveis pela descoberta, essas cidades teriam alcançado o apogeu de desenvolvimento e prosperidade entre os anos 600 e 900 d.C (depois de Cristo). Apesar das escavações do local ainda não terem iniciado, há esperanças de que outras cidades sejam encontradas nas proximidades. (Ano passado uma outra cidade foi encontrada nas mesmas terras e recebeu o nome de Chactun).

méxico 1

Publicidade
continue a leitura

Os cientistas ficaram impressionados quando encontraram edificações parecidas com um palácio, além de praças e pirâmides, uma delas de quase 20 metros de altura. Eles descobriram ainda a fachada de uma construção com uma porta parecida com garras de algum bicho, que provavelmente marcava uma das principais entradas do centro da cidade.

Veja outras fotos dos lugares:

Publicidade
continue a leitura

méxico 2 méxico 4 méxico 3

Publicado em: 27/08/14 03h07