Entretenimento

Ela aposentou aos 28 anos com 2 milhões de dólares no banco fazendo isso

0

Acreditamos que todos os jovens possuem a mesma rotina ou pelo menos os mesmos desejos ao completar os 28 anos, né? Assim como qualquer outra jovem nova0iorquina, JP Livingston passa boa parte o seu tempo livre bebendo, assistindo suas séries preferidas e conhecendo mais a cidade em que vive, mas uma coisa a diferencia dela desses outros cidadãos de sua idade. Livingston é uma jovem de 28 anos aposentada, e também milionária. Mesmo que muitas pessoas não acreditem nisso, ela é. E nós vamos te contar como e o que ela precisou fazer para conseguir tais feitos.

JP passou sete anos trabalhando em uma indústria financeira, como sênior de sua área e logo havia construído um ninho de mais de 2 milhões de dólares, sendo 40% de investimento e 60% de poupança pura. E com isso ela conseguiu realizar o seu sonho que cultivava desde o ensino médio, que era a aposentadoria antecipada. “A maneira como eu penso sobre tudo isso é: Se você não precisa trabalhar por dinheiro, pode fazer o que quiser”, contou ela. “Se você quer trabalhar em um trabalho tradicional, você pode, mas você não tem. Aposentadoria antecipada são palavras que eu peguei quando estava olhando para o meu futuro caminho.”

Livingston conseguiu um emprego lucrativo na faculdade, onde ela conseguiria ganhar 100 mil dólares por ano, mas ainda estava determinada a alcançar o seu objetivo de independência financeira e por isso optou por viver de maneira diferente. Sua renda cresceu ano após ano, ela se recusou a sucumbir à inflação de estilo de vida, escolhendo em vez de colocar ainda mais dinheiro para seu objetivo que era a aposentadoria.

Desde que atingiu sua liberdade financeira, a garota passa o seu dia trabalhando em um blog que tem sobre finanças pessoais, passeando com seu cão próximo ao rio Hudson e fazendo o seu cronograma de como vai continuar levando a vida. Tudo isso mantendo-a e cuidando das despesas combinadas com seu marido, que custam cerca de 65 mil dólares por ano. Como Nova Iorque é conhecida por ser uma das cidades com os preços mais exorbitantes do mundo, Livingston prova que é possível se manter na cidade sem entrar em estado de falência. Ela até listou 4 dicas e truques para poupar seu dinheiro e melhor aproveitá-lo. O segredo para o seu sucesso é, basicamente:

1. identificar suas maiores despesas e melhorá-las, visto que um americano comum gasta a maior parte do seu salário com habitação, transporte e alimentação. Para a garota, é ideal diminuir o seu custo geral nessas três áreas e evitar o gasto demasiado com qualquer que seja. Embora o seu dinheiro pudesse pagar um belo e espaçoso apartamento, ela optou morar com um colega de quarto e isso lhe custou 1.050 dólares mensais, um preço razoável pelos padrões de Nova York.

2. Comprar mobília de segunda mão, já que a taxa de rotação de Nova York faz da cidade um lugar ideal para conseguir tudo de segunda mão e bem conservado. “Geralmente o material tem menos de um ano de uso, só porque as pessoas estão sempre se mudando e passando de cidade em cidade, os trocam”, disse ela.

3. Aproveitar os lugares mais baratos e aconchegantes da cidade, o que Nova York tem muito a oferecer, por exemplo. A cidade tem mais bares e cafeterias que uma pessoa conseguiria visitar em pouco tempo, entre eles tem aqueles super sofisticados e com um preço elevado, mas é possível fazer um encontro de amigos em lugares com um belo ambiente e que, com apenas 5 dólares você consiga uma boa bebida.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos, lembrando sempre que o seu feedback é muito importante para nós pois nos ajuda a crescer cada vez mais.

5 melhores companheiros do Deadpool segundo a Marvel

Matéria anterior

Fotógrafo mostra para o mundo como é viver em depressão com fotos impactantes

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos