Curiosidades

Empresário queima 1 milhão de dólares canadenses para não pagar ex-mulher

0

Até onde você estaria disposto a ir, para não pagar um dívida? Algumas pessoas dizem que rasgar dinheiro é loucura, então, o que seria queimar dinheiro nesse caso? Não estamos falando de alguns trocados, mas sim de mais de 3 milhões de reais. Isso mesmo. Inconformado de ter que pagar uma quantia de 1 milhão de dólares canadenses (cerca de R$ 3,3 milhões) à ex-esposa, um empresário canadense disse ter queimado a quantia. Essa que é uma afirmação muito controversa, uma vez que ninguém, em sã consciência, faria algo parecido. Ainda mais, no caso de pagar uma dividida com alguém, com que você dividiu a vida tanto tempo e tem uma filha.

Por se tratar de uma afirmação muito surreal, o empresário foi sentenciado a 30 dias de detenção. O juiz do caso não ficou convencido da desculpa que o empresário deu para não pagar a dívida, e por isso, pediu a sua prisão. Segundo o juiz, isso era uma medida para que ele pensasse melhor sobre o caso e voltasse com uma resposta mais convincente.

A afirmação polêmica

O empresário do Canadá, Bruce McConville, de 55 anos, disse, durante uma audiência no tribunal no final de janeiro, que literalmente queimou 1 milhão de dólares canadenses. O motivo: porque ele simplesmente não queria dar todo esse dinheiro para a sua ex-esposa.

Após a afirmação diante do juiz, o homem foi condenado a 30 dias de prisão. Isso porque o juiz simplesmente não acreditou na afirmação dada pelo empresário. Segundo ele, a pena é uma tentativa de dar ao condenado tempo para repensar o que irá dizer a justiça quando voltar ao tribunal.

De acordo com o jornal Ottwa Citizen, essa não foi a primeira vez que o empresário escondia informações importantes sobre as suas finanças. A Justiça não tem como calcular exatamente quanto ele deve pagar de pensão para a ex-esposa e para a filha. Isso porque ele não vinha depositando nenhuma quantia há algum tempo.

O caso

Antes disso, o juiz do caso já havia determinado que McConville não poderia vender nenhuma de suas propriedades, e o empresário desobedeceu essa ordem. Além disso, a corte canadense também havia o obrigado a fazer um depósito que ficaria sob controle da Justiça. Outra ordem que ele não cumpriu.

Durante a última audiência, o empresário afirmou ter sacado 1 milhão de dólares canadenses, em 25 retiradas. Ele disse ter todos os recibos, mas que não tinha mais o dinheiro. O juiz então o perguntou onde estava todo o dinheiro e ele respondeu prontamente: “Eu destruí”.

Intrigado com resposta, o juiz pediu para o homem ser mais claro, quanto à afirmação. “Eu queimei”, afirmou o homem. Ele disse ainda que não tinha imagens do fogo e nem testemunhas, ms garantiu que realizou a queima.

Após a audiência, o juiz declarou que é difícil acreditar na afirmação e que o empresário tem a intenção de enganar a corte. A partir disso ele condenou o homem a 30 dias de prisão. McConville é um nome conhecido, uma vez que já foi candidato a prefeito da cidade de Ottwa, capital do Canadá.

E você, o que acha disso? Acredita que o homem tenha mesmo queimado esse dinheiro? Conta para a gente nos comentários.

Até 2100, metade das praias do mundo irá desaparecer

Matéria anterior

Iris West se torna uma velocista em nova HQ do Flash

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar