Notícias

Enquanto instalava antena, homem é eletrocutado, mulher tenta socorrê-lo e ambos morre

0

Um casal eletrocutado morreu junto em tragédia no município de Cruz Das Almas de Salvador, e chocou a mídia local. O homem sofreu um acidente primeiro, e, na tentativa de ajudar o marido, a esposa tentou segurá-lo, infelizmente falecendo também.

Todos os especialistas e profissionais de segurança recomendam veementemente não mexer com fiações e outros objetos relacionados conectados à rede de energia elétrica. Os riscos de acidente grave são altíssimos, especialmente em contato direto com alta tensão.

No entanto, um casal foi vítima dessa situação após uma atividade cotidiana e supostamente inocente. Um conserto acabou se tornando uma tragédia quando o casal eletrocutado não conseguiu se soltar.

Segundo a TV Bahia, afiliada da TV Globo, João Paulo Marques dos Santos, de 33 anos, estava tentando arrumar a antena de sua casa. Por isso, subiu no telhado e procurou rearranjar a instalação para fazer com que funcionasse.

Entretanto, a atividade era de perigo, realizada próxima dos fios elétricos que abasteciam a residência vindos da rua. Inicialmente, ele estava distante da principal fonte.

Contudo, o que as notícias indicam é que uma barra de ferro da antena acabou encostando nos fios, gerando uma corrente que prendeu o homem no lugar, sendo eletrocutado. É possível verificar uma foto divulgada no Facebook que mostra essa suposta barra nos fios de alta tensão.

Enquanto isso, a esposa de João, Josenilda Tosta Sena, de 37 anos, chegou e o viu preso pela eletricidade transmitida pela antena com os fios. Em desespero, tentou socorrer o homem, subindo junto com ele no telhado. No entanto, tocá-lo causou uma descarga elétrica por todo seu corpo, e ela ficou presa com o marido.

Infelizmente, o casal eletrocutado não resistiu e acabou falecendo, ainda em contato com as barras de ferro que fizeram a descarga elétrica entre os corpos.

Via Globo

Polícia confirmou morte do casal eletrocutado

A Polícia Civil da Bahia confirmou que a morte do casal eletrocutado ocorreu por conta do choque elétrico com os fios de alta tensão. Além disso, o órgão também informou que o caso recebeu registro como morte acidental.

Enquanto isso, o Corpo de Bombeiros do município informou que atenderam a ocorrência o quanto antes. No entanto, ao chegarem no local, as duas vítimas já estavam carbonizadas. Foi possível verificar uma haste e o cabo da fiação elétrica, que se encontravam energizados. Nos laudos, essa foi apontada como a causa da morte.

Posteriormente ao caso, quando as autoridades chegaram, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia foi acionada para realizar o correto desligamento da rede elétrica no local.

Isso foi necessário para que o resgate dos corpos ocorre por meio da Polícia Militar, como explicou a corporação. Além disso, o Departamento de Polícia Técnica também participou dos procedimentos legais, para dar seguimento ao caso de maneira apropriada.

Uma vez que o resgate ocorreu sem impedimentos, os corpos do casal eletrocutado seguiram para a perícia no Instituto Médico Legal (IML). A família da vítima não realizou nenhum pronunciamento sobre o caso até o momento.

Via Freepik

Os órgãos responsáveis reforçam a importância de não realizar reparos ou instalações elétricas com a rede ativa, especialmente na área externa de uma residência. Isso porque os fios de alta tensão podem comprometer a segurança dos residentes e outros envolvidos.

Além disso, no caso de eletrocussão, é fundamental não tocar a vítima. As indicações são desligar a fonte de energia e, se não for possível, deve afastar a pessoa com um material não condutor. Nesse caso, utilizar borracha ou madeira é o mais indicado, procurando afastar completamente a fonte de transmissão.

Dessa forma, será mais simples garantir a proteção dos envolvidos e aumentar as chances de sobrevivência.

 

Fonte: UOL

Imagens: Freepik, Globo

Suárez marca três gols pelo Grêmio, vai ao supermercado e compra uma BMW no dia seguinte

Artigo anterior

Poderio militar-industrial russo torna vitória na Ucrânia “inevitável”, diz Putin

Próximo artigo