O Big Brother Brasil é um reality que sempre causa notícia. Mas essa vigésima edição parece estar gerando muito mais notícias. Com apenas um dia do programa estreado vários memes foram criados pelos participantes. Uma principalmente, a cantora Manu Gavassi.

Ela voltou a chamar atenção, mas não por suas caras, mas por ter usado a palavra "sororidade". Ela usou essa palavra, em sua justificativa, em seu voto no paredão. Depois de Manu ter usado a palavra, Felipe Prior, outro participante, perguntou o que ela significava. Manu disse para ele procurar o significado, quando ele saísse da casa.

E parece que não era só Prior que não sabia o conceito de sororidade. As buscas no Google pela palavra aumentaram 250%. Se você também não sabe nos falamos aqui o que é.

Sororidade vem do latim "soror", que significa irmã, e ela representa a união das mulheres, se baseando na empatia e companheirismo. Essa palavra pode ser entendida como "irmandade". E é bastante usada para mostrar a importância das mulheres estarem juntas nas lutas contra a discriminação e em busca de igualdade. O conceito é bastante bonito. Mas como colocá-lo em prática no dia a dia? Mostramos aqui algumas formas.

1 - Sem rivalidade

Mesmo que, desde pequenas, as mulheres sejam ensinadas a ver as outras como em uma competição, isso não impede a sororidade. Elas não devem ver uma a outra como uma inimiga. Então, não alimente esse tipo de comportamento e não o incentive com outras mulheres.

Publicidade
continue a leitura

2 - Apoio

Muitas podem achar que sororidade é quando todas as mulheres são amigas, mas esse não é o caso. As mulheres não precisam ser amigas de todas, mas sim, apoiar e aconselhar quando for necessário. Na maioria das vezes, quando alguém está passando por uma situação difícil, ela precisa de um amparo e conselho. A sinceridade também também é uma forma de cuidado.

3 - Valorizar o trabalho de outras

O Brasil tem um índice alto de desempregados. E deles, as mulheres compõem uma parcela maior. Várias dessas mulheres só precisam de uma pequena ajuda, para melhorar sua vida financeira. E você pode ajudá-las, indicando para vagas para as quais elas são capacitadas, divulgar o empreendedorismo feminino em suas redes sociais. Além de comprar os produtos feitos por elas e elogiá-los caso forem bons.

Publicidade
continue a leitura

4 - Sem julgamentos

É uma coisa natural de todas as pessoas o julgamento. É uma coisa praticamente automática. Mas julgar as mulheres, baseado em suas escolhas, roupas, hábitos, atos e outras coisas, pode acarretar sérios danos. Antes de apontar o dedo, pratique a sororidade e não faça um juízo de valor.

5 - Compartilhar conhecimento

Com certeza, a maioria das pessoas conhece mulheres que estão tentando conseguir um emprego ou então que precisam de mais conhecimento para se sobressaírem profissionalmente. Então, se você conhece uma dessas mulheres, compartilhe seu conhecimento. Tenha um tempo para compartilhar seus conhecimentos e dar recursos para as mulheres melhorarem de vida.

Publicidade
continue a leitura

6 - Empatia

Se colocar no lugar do outro pode ser um conselho bem clichê de ser dado. Mas ele é bem útil quando o assunto é a maternidade. Mulheres podem se tornar mães das formas mais variadas. Elas podem ser mães solteiras, de primeira viagem, sozinhas, que trabalham fora, que têm vários filhos, ou de várias outros jeitos. Independente da forma, essas mães precisam de uma rede de apoio.

Mesmo que você não conheça uma mãe, pratique empatia e evita julgamentos. Não dê palpites e respeite os outros.

Seja da forma que for, praticar a sororidade é ver todas as mulheres como membros da mesma família. É levantar outras mulheres e promover suas conquistas.

Publicado em: 12/02/20 17h05