• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Entenda o que é a "Doença X", condição que pode matar a humanidade, segundo a OMS

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      12/03/18 às 22h53

Apesar de a medicina ser um dos campos da ciência que mais avança, ainda é preocupante como alguns agentes patogênicos se multiplicam e podem representar uma ameaça. Infelizmente, ainda somos expostos a um cenário onde precisamos conviver com doenças incuráveis... E pode ser que a Doença X seja uma delas. Já ouviu falar?

Normalmente, quando se dá o nome de "X" para algo, é porque os fatores para a formação daquilo ainda são desconhecidos. Neste caso, não é tão diferente. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existe uma altíssima probabilidade de ocorrer uma nova epidemia global, que pode ameaçar a existência da humanidade. A Doença X pode ser o fator que nos colocará em risco.

Mas afinal, o que é a Doença X?

De forma sazonal, a OMS libera uma lista com os principais agentes patogênicos que permanecem como foco de suas análises. De maneira extremamente planejada, os especialistas destacam "doenças que representam um risco para a saúde pública devido ao seu potencial epidêmico e para as quais não há contra medidas". Desta vez, o destaque foi concentrado na Doença X.

Assim como mencionado anteriormente, não se sabe muito acerca do tema. No entanto, é de conhecimento que ela representa uma grave epidemia internacional, que pode ser provocada por um patógeno ainda não identificado. Certamente, representa um enorme risco para a saúde pública e exige que pesquisas adicionais sejam feitas o mais rápido possível.

O aparecimento da Doença X como prioridade na lista da OMS, também é uma forma de nos dizer que estão se preparando para lidar com algo que pode ser realmente perigoso. Tudo indica que a partir de agora, irão investir mais tempo e recursos para conseguir identificar os reais riscos.

Por outro lado, existem especulações sobre o que ela realmente pode ser. Acredita-se que é uma mutação de doenças bastante conhecidas por nós... A exemplo do Zika vírus e de outras infecções que podem ser passadas de animais para humanos. Mas vale ressaltar que também existem ameaças de vírus artificiais. Segundo especialistas, tal epidemia pode acabar se tornando tão mortífera para a humanidade quanto foi a Gripe Espanhola, em meados do século 20, por exemplo.

Em entrevista ao serviço russo da Rádio SputnikVladislav Zhemchugov, que é doutor em medicina e especialista em imunologia, disse: "No momento, a probabilidade de aparecer uma série de doenças que se espalhe a ritmos acelerados é de 50%. Para isso contribuem os laços globais e alto número da população humana se movendo pelo planeta a grandes velocidades. Se aparecer um vírus que seja transmitido pelo ar, a hipótese deste se espalhar será muito alta".

Outros riscos

É claro que a medicina mundial avança de forma frenética e pode dar conta de segurar uma grande epidemia. Já fomos capazes, por exemplo, de apresentar boas medidas contra as gripes suína, aviária e tantos outros tipos de vírus ameaçadores. Também vale mencionar que quando muitas pessoas estão imunizadas contra a gripe, há uma zona protegida que acaba impedindo que vírus do tipo se espalhem.

No entanto, muitas pesquisas que estudam doenças do tipo sofrem cortes de orçamento federal. Isso faz com que a capacidade dos países em se defender contra epidemias de forma emergente, seja bastante prejudicada. Dessa forma, é compreensível que os atuantes da área da saúde fiquem realmente preocupados. Podemos entrar em estado de crise.

E então pessoal, o que acharam? Já conheciam a Doença X? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+