• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Entenda porque a data da Páscoa varia tanto e o como ela é determinada

POR Lucas Curado    EM História      29/03/18 às 19h11

Afinal de contas, qual dia é comemorado a Pascoa? Talvez a melhor forma de dizer isso seja pegando um calendário e respondendo essa resposta no plural. Daí então vem o questionamento: Como seria possível Jesus ter ressuscitado em dias diferentes? A questão aqui não é essa, mas sim comemorar a ressurreição de Jesus Cristo dentro da fé cristã.

As primeiras comunidades cristãs tinham várias tradições e ritos diferentes para alcançar um mesmo propósito. Uma dessas variações era a "datação" da páscoa, onde cada igreja e tradição adotava um dia para si. Por exemplo, enquanto algumas igrejas comemoravam a Páscoa no dia da Páscoa Hebraica, outros comemoravam só um domingo depois. O resultado disso foi um cálculo complexo e difícil, que acabou culminando em um "feriado móvel".

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você um pouquinho mais da história da páscoa. Não a Páscoa que muitas pessoas conhecem, mas as datas da mesma. Afinal de contas, se pegarmos várias igrejas, cada uma delas comemora a páscoa em dias diferentes. Uma dica, nem todas adotam o mesmo calendário. Entenda porque a data da Páscoa varia tanto e o como ela é determinada.

Que dia é a Páscoa?

Se você parar para observar, desde 2008 a data da páscoa anda sendo comemorada em períodos diferentes. Ano passado ela foi celebrada dia 16 de abril, já esse ano, ela será celebrada dia 1º de abril. Você pode até achar que é mentira, mas basta você pegar um calendário e conferir. Isso se dá pelo fato de que a Páscoa, dentro da tradição católica, acontece no primeiro domingo depois da primeira lua cheia. Não somente isso como também somente após o equinócio da primavera.

Dessa forma, podemos dizer que a páscoa é um feriado móvel, literalmente. A razão disso vem do fato de terem desenvolvido um sistema complexo para calcular a Páscoa. Normalmente aqui no ocidente essa data tende a cair dia 19 de Abril, porém, já chegou ser comemorada no dia 25 de abril! Outra razão disso acontecer é o fato de tentarem harmonizar calendários solares e lunares com essa data.

Cultura e Tradição

Pode-se dizer também que fatores culturais e tradicionais influenciam essa data. Uma mistura de tradições romanas, hebraicas e... egípcias. Bem, o primeiro calendário incorporado pelos romanos foi o calendário solar egípcio. Posteriormente, ele também foi adotado pelos cristãos. Já no caso dos hebreus, o calendário tem base (parcialmente) na lua e não no sol.

Qual a consequência disso? Como dito acima, a tentativa  "interminável" de tentar equilibrar esses dois tipos de calendários. Um outro detalhe é  fato do cristianismo não ter somente um vetor de pensamento. Em 1582, o Papa Gregório criou uma forma de calcular a Páscoa que fazia com que a mesma viesse mais cedo... Simplesmente porque era mais fácil de calcular.  Por acaso esse é o calendário que usamos hoje.

Cristãos e Cristãos

Na Bíblia, a Páscoa é comemorada na páscoa judaica, que é exatamente dentro do que já falamos. Ainda sim, algumas igrejas no século II marcavam um domingo à frente dessa data e somente no ano de 325 d.C que unificaram as datas das "páscoas". Contudo, ainda tinham igrejas que faziam diferente.

Na verdade, até hoje diferentes linhas do cristianismo ainda celebram a Páscoa em datas diferentes. Por exemplo, a Igreja Ortodoxa Copta não adota o calendário de Papa Gregório, mas sim de Juliano. Isso ocorre com outras igrejas também. Existe também a possibilidade de todos os cristãos e igrejas celebrarem uma páscoa juntos e na mesma data... Contudo, vai ser uma tarefa muito árdua. Seria a mesma coisa que deixar séculos de tradição para trás.

E aí, o que você achou dessa matéria? Deixe seu comentário e até a próxima!

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+