• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Entenda porque Stranger Things está sendo acusada de plágio

POR Gabriela Tyemi    EM Fatos Nerd      04/04/18 às 16h58

Criada pelos irmãos Ross e Matt Duffer, Stranger Things é uma das séries mais populares da Netflix. Depois de ser rejeitada cerca de 20 vezes por outras emissoras, a plataforma de streaming acabou aceitando a ficção científica com crianças dos anos 1980. Mas de acordo com o produtor Charlie Kessler, o roteiro da série foi roubado de um projeto dele chamado "Montauk" - mesmo nome que os irmãos, inicialmente, dariam para Stanger Things.

Montauk é um curta-metragem sobre experimentos em um laboratório do governo que foi lançado em 2012 e chegou a ser premiado no Festival Internacional de Cinema de Hamptons. Mas as semelhanças vão muito além da premissa principal; em Montauk, um menino também desaparece e um policial problemático parte para encontrá-lo, e um monstro sai de um portal que leva à outra dimensão - assim como os Demogorgons.

Stranger Things inicialmente se chamaria Montauk

De acordo com a Entertainment Weekly, essas não foram as únicas coincidências entre as produções. Kessler disse que apresentou a ideia de uma ficção científica aos irmãos Duffer e seus representantes em 2014. E, um ano depois, os criadores de Stranger Things venderam a série para a Netflix com o título de Montauk.

Por outro lado, a EW também afirmou que a ideia das produções pode ser coincidência, já que ambas são inspiradas na teoria conspiratória americana da década de 1970, envolvendo experimentos paranormais do governo.

Você acredita que os irmãos Duffer possam ter copiado a ideia de Charlie Kessler? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Próxima Matéria
Via   Vix  
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+