Hoje em dia fumar não é mais algo bem visto como antigamente. A algumas décadas existia um certo "estilo" e "glamour" nas pessoas que fumavam .Hoje isso não é mais visto da mesma forma. Muito pelo contrário, hoje em dia as pessoas tendem a diminuir o consumo de tabaco e derivados do mesmo.

O tabagismo se mostrou uma das grandes causas de câncer e outras condições, principalmente envolvendo os pulmões. Isso chamou atenção dos profissionais de saúde e desde então começou a haver um redução do consumo desse produto. Isso se deve muito ao um grande número de campanhas anti-tabagistas e de conscientização que surgiram. Mesmo assim, as pessoas ainda fumam outros produtos na ilusão que esses fazem menos mal que um cigarro.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você uma matéria de esclarecimento. Nós vamos mostrar para você que nem sempre trocar o cigarro pelo palheiro é "tão melhor assim" para sua saúde. Na verdade, a maioria desses produtos causa tanto dano quanto um cigarro. Devemos ficar atentos e lembrar que só possuímos um corpo e devemos cuidar dele. Essas informações sobre o cigarro vão te fazer pensar duas vezes na hora de fumar.

1 -Cigarros

Vamos começar com o clássico, o famoso "cigarrinho". Muitos de nós já sabemos que o cigarro possui cerca de 7.357 substâncias químicas, incluindo algumas que você deveria evitar a qualquer custo. Também já sabemos que ele aumenta as chances de você ter câncer em um número bem... assustador. Nós também já sabemos que fumantes tem dificuldades para fazer exercícios porque o cigarro causa uma tremenda perda de fôlego.

Bem, a perda de fôlego acontece porque o monóxido de carbono forma uma ligação bem forte com suas hemoglobinas, por isso a falta de ar. Além do arsênico, metano, polônio, acetona e outras milhares de substâncias bizarras fazerem mal para você, a nicotina ainda causa espasmos no seus vasos sanguíneos, limitando o oxigênio nos tecidos. Com relação ao câncer, fumar um maço de cigarro por dia é igual a se expor 500 vezes a um equipamento de Raio X. A questão final é, por que você fuma?

2 -Charutos

O charuto não é tão fumado quanto um cigarro, mas pesquisas indicam que fumar um charuto inteiro é praticamente como consumir um maço de cigarro. Em outras palavras, você só está mudando a dose de toxinas que seu corpo está ingerindo.

3 - Palheiros e fumos enrolados

Se você acha que fumar aquele palheiro é menos prejudicial que fumar aquele cigarro, você está enganado. Na verdade, esse tipo de fumo tem exatamente as mesmas substâncias nocivas que um cigarro, e as vezes podem conter até mais. Mesmo que os "ingredientes" do tabaco sejam orgânicos ou artesanais, eles ainda possuem químicos que podem te matar.

5 -Cigarros elétricos

Fumar cigarros elétricos também não é uma opção tão interessante para uma vida "saudável". Eles possuem nitrosaminas e polímeros tóxicos que podem causar efeitos igualmente danosos. Não somente isso, a nicotina presente nesses E-cigarretes são neurotoxinas aditivas e bem poderosas.

6 -Vaporizadores

Pode até parecer que esse seja o menos nocivo, contudo, ainda sim possui seus ponto negativos. Seus compostos químicos quando aquecidos criam formaldeído e acroleína. Essas substância podem ser bastante prejudiciais para o sistema nervoso, da mesma forma que podem agredir a mucosa do trato respiratória.

7 - Narguilé

O narguilé se tornou bem famoso por aqui no Brasil nos últimos tempos, contudo, ele não é tão seguro quanto se pensa. O que vai diferenciar é a frequência que se fuma ele para que se fuma um cigarro. Apesar da água filtrar a fumaça, muitos metais pesados passam por ela. Toxinas e cancerígenos também. O vapor não tem muito tempo para esfriar e também queimam as microfibras de nossas laringes.  O Narguilé também é tão vicioso quanto cigarro, se não for até mais.

E aí, gostou dessa matéria? Deixe seus comentários aí embaixo!

Publicado em: 01/03/18 11h12